Padrão de vida dos pobres melhora significativamente na China, diz relatório do governo


Educação, saúde, habitação e abastecimento de água potável melhoraram consideravelmente, abrangendo todas as necessidades básicas e lançando as bases para o futuro desenvolvimento, segundo um relatório, publicado pelo Departamento de Comunicação do Conselho de Estado, intitulado “O Alívio da Pobreza: Experiência e Contribuição da China.”

A renda disponível per capita dos pobres rurais aumentou de 6.079 yuans (US$ 928) em 2013 para 12.588 yuans em 2020, um aumento anual de 11,6% em média, conforme o relatório, informa a Xinhua

A taxa de crescimento foi 2,3 pontos percentuais maior que a média rural nacional, de acordo com o documento.

O acesso à educação de boa qualidade para os mais necessitados melhorou notavelmente, disse o documento. Já não há abandono escolar no campo devido a dificuldades financeiras, enquanto que o ensino compulsório de nove anos está agora disponível para todas as crianças de famílias rurais pobres, e a taxa de conclusão em 2020 foi de 94,8%.

O sistema de saúde em três níveis, nas aldeias, municípios e distritos, foi melhorado, como diz o livro, citando que a cobertura de seguro saúde básico para a população carente atualmente é superior a 99,9%.

O programa de reforma de casas rurais degradadas garantiu habitações seguras para todos os pobres, e o programa de água potável segura para residentes rurais garantiu o abastecimento para 28,89 milhões de pessoas carentes tanto em termos de quantidade quanto de qualidade, além de beneficiar 382 milhões de habitantes rurais, segundo o documento.

De 2015 a 2020, a cobertura de água potável aumentou de 70% para 83%, de acordo com o documento. 

(Foto: Xinhua)

Leia mais

Leia também