Outubro Rosa: SEDH e Sesa fazem ação integrada em comunidade cigana

As Secretarias de Direitos Humanos (SEDH) e da Saúde (Sesa), em parceria com a Associação Feminina de Educação e Combate ao Câncer (Afecc), realizou, na manhã dessa quarta-feira (21), a Ação Integrada do Outubro Rosa em um acampamento cigano em Praia Grande, distrito do município de Fundão. Na ocasião, também foram distribuídos donativos doados por meio do programa ES Solidário.

Durante a ação, a médica da Afecc, Natália Grossi, realizou uma roda de conversa com as mulheres da comunidade sobre os tipos de câncer e as formas de prevenção.

A gerente de Promoção da Igualdade Racial, Edineia Conceição de Oliveira, que acompanhou a ação, destacou que esse momento foi muito importante porque as mulheres que participaram atendem aos requisitos para a realização de mamografia. Elas farão o exame, neste sábado (24), ainda como parte da ação integrada entre SEDH e Sesa.

“É uma forma de cuidado levar essas políticas públicas de saúde a esses grupos que estão mais afastados, que muitas vezes não têm fácil acesso aos atendimentos de saúde, em especial, aos exames que tratam da prevenção do câncer no colo do útero e ao câncer de mama”, destacou Edineia de Oliveira.

O representante da Secretaria da Saúde, Júlio César de Moraes, referência técnica da Área de Promoção da Equidade da Sesa, falou sobre a importância de se levar informação e atendimento até os territórios.

“A promoção da equidade tem a ideia de levar a saúde até os territórios que apresentam algumas questões específicas, assim como a comunidade cigana e os acampamentos que merecem esse destaque. Nos juntamos para marcar o Outubro Rosa e, ao mesmo tempo, mostrar a importância da equidade, que é o princípio do SUS (Sistema Único de Saúde), que precisa olhar para as diversidades que existem no nosso território e garantir o acesso a todos, assim como foi o cunho do evento”, disse Moraes.

A próxima Ação Integrada do Outubro Rosa irá acontecer na terça-feira (27) na comunidade indígena Irajá, em Aracruz.

 

ES Solidário

Durante a Ação Integrada, também houve a entrega de doações feitas por meio do programa ES Solidário. Foi feito o repasse de 50 kits para higiene pessoal e limpeza, além de 220 máscaras para as famílias do acampamento e para acampamentos adjacentes.

O programa ES Solidário, coordenado pela SEDH, atende às demandas por meio de solicitações feitas por municípios, coletivos, associações e igrejas com ações sociais, que direcionam as doações de donativos às pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza.

Os donativos são recebidos por meio de doações feitas por empresas e pela sociedade civil. Contribuições em dinheiro são usadas para a compra de alimentos e outros itens essenciais. Os repasses são feitos em parceria com o Corpo de Bombeiros, responsável pela logística de entrega.

Desde o início do programa, foram arrecadados e distribuídos mais de 13 mil cestas básicas, mais de 5 mil kits de higiene e limpeza, 351 pacotes de fraldas geriátricas, 230 frascos de álcool em gel e líquido, cerca de 1,3 mil máscaras, além de 6.305 itens avulsos. No total, até o momento, famílias de 46 cidades capixabas foram atendidas pelo ES Solidário.

 

Leia mais

Produção de Cacau está sendo a principal fonte de renda para produtores no interior de Colatina

A produção do Cacau está sendo a principal fonte de renda para produtores rurais do Vale Boa Esperança, interior de Colatina.  De acordo com...

Fapes divulga último resultado preliminar do edital de combate à Covid-19

As propostas classificadas no terceiro bloco do edital de iniciativas para o combate à pandemia do...

Assembleia reconhece Estado de Calamidade em Barra de São Francisco

Mais três municípios capixabas tiveram pedido de reconhecimento de estado de calamidade pública reconhecido pela Assembleia Legislativa (Ales). Os deputados aprovaram na sessão ordinária...

Leia também