Filme capixaba: “Os Incontestáveis” entra para o catálogo do Amazon Prime Video

 

Após percorrer vários festivais pelo mundo afora e diversas salas de cinema do Brasil, o road movie “Os Incontestáveis” continua a estrada para chegar aos espectadores. Primeiro longa-metragem de Alexandre Serafini, o filme capixaba pode ser assistido por toda a América Latina, por meio das plataformas de Streaming. Recentemente, passou a integrar o catálogo do Amazon Prime Video, sendo a primeira obra de ficção do Espírito Santo a alcançar essa ampla janela de exibição. No Brasil, o filme também está disponível nos canais Looke, Now, Vivo Play, Microsoft BR, Google Play BR e, na América Latina, nas plataformas Microsoft Latam, Latam Klic MX e Totalplay.

Expressão do êxito de um projeto cinematográfico independente que concluiu o ciclo de vida enquanto produto artístico-cultural, a entrada de “Os Incontestáveis” para o Amazon Prime Video também é o maior espaço de exibição conquistado por um filme na carreira de Alexandre Serafini. “A gente faz um filme realmente para ser visto e quanto maior a janela, maior é o público que irá acessar a obra. O Amazon Prime Video é um dos mais populares serviços de streaming do mercado. Ter o filme disponibilizado nessa janela representa uma fronteira que foi desbravada pela produção audiovisual do Espírito Santo”, reforça o cineasta.

“Os Incontestáveis” foi lançado no circuito de festivais no fim de 2016, selecionado para mais de 20 festivais em 15 países, lançado comercialmente em 2018. O filme entrou em cartaz em salas de cinema de 14 cidades brasileiras e, em seguida, foi contratado por plataformas de streaming. Na trama desse longa, os personagens Bel e Mau, interpretados, por Fabio Mozine (integrante do Mukeka di Rato) e Will Just (integrante do The Muddy Brothers), são os anti-heróis protagonistas que embarcam em uma aventura familiar movida à conhaque, rock         pesado, humor ácido e psicodelia. O elenco também conta com atores consagrados, como Tonico Pereira, Fernando Teixeira e Markus Konká. Uma realização da Ladart Filmes, em parceria com a produtora Horizonte Líquido, ambas sediadas em Vitória, a obra foi contemplada com o prêmio do edital de longa-metragem da Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult), em 2014.

O cinema em múltiplas telas

Esse feito também diz muito sobre as novas janelas e novos jeitos de consumo das obras audiovisuais. Há em curso uma mudança na maneira de o público assistir às produções audiovisuais, motivado pelo surgimento dos serviços de streaming ou Video on Demand (VoD). Antes, a etapa de difusão cinematográfica preocupava-se em mobilizar o público atendido geograficamente pelas salas de cinema para assistir ao filme, durante o período em que obra estivesse em cartaz. Atualmente, devido às novas tecnologias e às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, a audiência dos produtos audiovisuais migrou da sala de cinemas para o ambiente doméstico e para os dispositivos móveis, tendo a TV, o computador pessoal ou smartphones como telas principais.

“Para a difusão do filme em salas de cinema, a gente faz todo o esforço para tirarmos as pessoas de casa e levá-las até o cinema enquanto o filme está em cartaz. Com o streaming ou VoD, nós entramos na casa das pessoas, passamos a oferecer a possibilidade de acesso ao filme para um público-alvo que está em outros territórios. Ao relançarmos ‘Os Incontestáveis’, o nosso empenho é avisar para os distintos públicos que o filme está disponível em diversas plataformas”, nos explica a produtora e distribuidora Carla Osório, ceo da Livres, empresa responsável pela distribuição de Os Incontestáveis.

Carla Osório também destaca que, para alcançar uma difusão no formato de cada longa, que vai desde as sala de cinema, passando pela TV a cabo, para que um filme chegue nas plataformas, é preciso pensar as estratégias de distribuição que começam desde a concepção da obra, ainda no próprio roteiro, passando pelas demais etapas de realização e lançamento do filme. “Há vários modelos e formas de difusão que possibilitam o filme ganhar várias janelas e territórios, mas isso só é possível se fizermos o que chamamos de desenho de distribuição, bem como entender qual é o público-alvo do filme. É uma estratégia que pode auxiliar o trabalho da equipe de roteirista, produtor e diretor em manter uma coesão do título, com o objetivo de chegar aos públicos pretendidos para a obra”, acrescenta.

A experiência de realização de “Os Incontestáveis” será compartilhada por meio do projeto Da Ideia às Janelas — O Percurso do Audiovisual a partir do estudo de caso do longa-metragem “Os Incontestáveis”, contemplado pelo Edital de Artes Integradas/Lei Aldir Blanc da Secult e uma realização da Ladart Filmes. Faz parte dessa iniciativa o Seminário Da Ideia às Janelas, um ciclo de palestras gratuitas on-line, que acontecerá de 12 a 16 de julho, e a Consultoria Da Ideia às Janelas, que esteve com inscrições abertas até o último dia 04 de junho, para roteiros de curtas-metragens de realizadores do Espírito Santo, que concorrerão a um orientação técnica personalizada com o diretor Alexandre Serafini.

Serviço:

Seminário — Da Ideia às Janelas

Data: 12 a 16 de julho.
Transmissão gratuita pelas redes sociais da Ladart (YouTube e Facebook)

Ladart Filmes: Facebook e Instagram @Ladart.Filmes / www.youtube.com/LadartFilmes

Consultoria – Da Ideia às Janelas

Inscrições GRATUITAS até 09 de junho pelo link http://bit.ly/consultoriaideiajanela

Fotos: http://bit.ly/ideiajanelas_FOTOS

“Os Incontestáveis”

Principais Festivais

9ª Muestra de Cine Iberoamericano de Nicaragua

38º Durban International Film Festival – África do Sul 35º Festival Cinematográfico Internacional del Uruguay

3º Festival de Cine de La Serena – Chile     / Prêmio Melhor Longa-Metragem Ficção Latino-Americana

8º Salón Internacional de La Luz – Colômbia / Menção Honrosa Direção deFotografia 20ª Mostra de Cinema de Tiradentes – Brasil

1ª Mostra Estadual SESC-ES / Prêmio Destaque Direção de atores e Direção de fotografia 13º Festival Internacional de Cine de Rengo – Chile

10º Festival Internacional de Cine Bajo la Luna de Islantilla – Espanha

1ª Agenda Brasil – Festival Internazionale de Cinema Brasiliano – Milão, Itália 2º 24 Risas por Segundo – Festival de Cine y Comedia – México

4º Festival Cine Con Riesgo – Argentina

4º NIAFFS (NOIDENTITY – International Action Film Festival-Spain) 9º Festival De Cine De Villa MarÍa Del Triunfo – Perú

2º Cine Libre International Film Festival – Colômbia

3º Festival Latinoamericano de Cine de los Cerros de Valparaíso Chile 3º Festival de Cine del Barrio Mapocho – Chile

23º Festival de Cinema de Vitória – Brasil

Festival de Cinema de Vitória Itinerante – Amsterdã 12º Months Film Festival – Romênia

 

 


Leia mais

Leia também