Órgãos de segurança se reúnem para definir planejamento de cobertura do Enem 2020

As estratégias da Operação Enem 2020, que envolve o planejamento da distribuição das provas, a avaliação de riscos e a garantia de segurança para a realização do exame, foram debatidas e já estão sendo definidas.

Em um encontro técnico dos órgãos de segurança responsáveis ocorrido no último dia 21, ficou definido que a Polícia Federal será responsável pela inteligência e prevenção de possíveis fraudes. Já as Polícias Civil, Militar e Guardas Municipais, ficarão com o apoio logístico e reforço aos pontos de prova.

Por fim, o Exército Brasileiro é responsável pela guarda das provas e a Polícia Rodoviária Federal pelo transporte dos testes pelas rodovias federais.

Neste ano, os representantes dos estados e do Distrito Federal poderão acompanhar, em tempo real, as ações da operação por meio de uma plataforma.

Além do Enem ser um exame de grande dimensão, a edição de 2020 ainda tem mudanças devido à Covid-19. A começar pela data das provas, que foi adiada de novembro para janeiro. A versão impressa será aplicada nos dias 7 e 24 de janeiro de 2021. A digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.
 

Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Leia mais

Espírito Santo divulga plano para volta às aulas e manifesta ‘interesse’ para retomada em outubro

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou nesta sexta-feira (4), que tem “interesse” em retomar as aulas presenciais das instituições da educação básica...

O TEMPO E A TEMPERATURA: Sul do país tem tempo com chuva, geada e possibilidade de neve, nesta quinta-feira (20)

Previsão de tempo com chuva na maior parte da região Sul do país, nesta quinta-feira (20), ao mesmo tempo em que uma massa de...

Carro desgovernado desce ladeira e para em corrimão, em Ecoporanga

Na tarde desta terça-feira, 18 de agosto, por volta das 14:40hmin, um carro Chevrolet Montana, que estava estacionado na rua dos Operários, atrás da Farmácia...

Edital prevê R$ 3,5 milhões para modernização de Bancos de Alimentos

O governo federal vai destinar R$ 3,5 milhões para a melhoria de Bancos de Alimentos pelo país. As instituições servem para diminuir o desperdício...

Leia também