Operação Vetus combate violência contra idosos em todo o país

Operação Vetus combate violência contra idosos em todo o país

Até a manhã desta sexta-feira, foram apuradas 10.802 denúncias, com o atendimento de 11.755 vítimas Foto: Ministério da Justiça e Segurança Pública

Para combater a violência contra o idoso foi deflagrada, nesta sexta-feira (4), em todo o país, a Operação Vetus, sob a coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

As polícias civis dos 26 estados e do Distrito Federal apuram denúncias e cumprem mandados e medidas protetivas na ação que foi motivada pelo aumento do número de casos registrados durante o período da crise do novo coronavírus pelo Disque 100 do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Com a Operação Vetus, o Poder Público dá uma resposta nacional e esse tipo de violação de direitos humanos, de acordo com o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça. “Esse é um crime de alta gravidade, que traz um alto impacto na vida do ser humano no sentido de tirar dele a dignidade no momento em que ele está mais fragilizado, em que suas forças já não correspondem a da juventude, a mente muitas vezes está abalada por doenças.”

A apuração e investigação de denúncias foram iniciadas no dia 1° de outubro, Dia Internacional do Idoso. Dessa data até a manhã desta sexta-feira, foram apuradas 10.802 denúncias, com o atendimento de 11.755 vítimas e a prisão de 449 agressores, em 1.410 municípios. Estão sendo cumpridas 765 medidas protetivas e instaurados 3.088 inquéritos.

Apenas nesta quarta, em que foi deflagrada a Operação Vetus, até o fim da manhã haviam sido apuradas 166 denúncias, cumpridos 13 mandados, 13 medidas protetivas, feitas 335 visitas e diligências e instaurados 16 inquéritos.

Com as medidas de isolamento social provocadas pela Covid-19, o agressores e vítimas acabam passando mais tempo no mesmo espaço. De acordo com os dados do Disque 100, apresentados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, de janeiro a setembro de 2019 foram registradas 36.181 denúncias de violações relacionadas à pessoa idosa. No mesmo período de 2020, foram 62.109 denúncias.

Segundo a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, a operação integrada é um marco e mudará a política pública de proteção aos idosos no Brasil. “A todos os idosos do Brasil que estão vivendo um ciclo de violência e que achavam que estavam sozinhos, vocês não estão sozinhos. Olhem o que estamos fazendo. Nos procurem, denunciem, temos um WhatsApp, temos o Disque 100. Estamos nos levantando nesta nação na proteção dos idosos como jamais foi visto no Brasil.”

A violência contra o idoso é crime que pode ter pena de dois meses a um ano de reclusão, além de multa.

Canais para denunciar

As denúncias feitas por meio do Disque 100 e do Ligue 180 são gratuitas e podem ser anônimas. Qualquer pessoa pode acionar o serviço que funciona diariamente, 24h, incluindo sábados, domingos e feriados. O serviço cadastra e encaminha os casos aos órgãos competentes.

Entre os grupos atendidos pelo Disque 100, estão crianças e adolescentes, pessoas idosas, pessoas com deficiência. Já as denúncias de violência contra a mulher são registradas pelo Ligue 180.

Leia mais

Leia também