Operação conjunta do Procon-ES interdita fábrica clandestina de álcool em gel em Vila Velha

Compartilhe

O proprietário de um galpão clandestino que possivelmente produzia e comercializava álcool em gel e outros produtos químicos, localizado no bairro Cobilândia, em Vila Velha, teve o estabelecimento interditado e foi conduzido à delegacia na tarde desta sexta-feira (20) por fabricar e vender produtos sem autorização.

A ação é resultado de uma força tarefa promovida pelo Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-ES), pela Polícia Civil do Espírito Santo, pelo Corpo de Bombeiros Militar, pela Vigilância Sanitária Estadual e pela Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha.

Após denúncias de consumidores, o Procon-ES promoveu uma ação fiscalizatória no estabelecimento, na última quinta-feira (19) e flagrou a comercialização de 19 frascos de álcool em gel sem procedência, dentre outros produtos.

Os produtos estavam sendo vendidos aos consumidores sem qualquer informação sobre composição, origem, endereço, CNPJ, registro dos órgãos competentes, lote, etc, e sem nota fiscal.

Antes que os produtos fossem apreendidos, o proprietário do estabelecimento, com um suposto representante, agiu de forma truculenta para impedir a continuidade da ação. Chutou e recolheu todas as unidades do álcool em gel que estavam na área de venda, trancou os fiscais dentro do galpão e deixou o local sem assinar o auto de infração. A Polícia Militar, a Polícia Civil e a Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha foram acionadas e foi registrado um Boletim de Ocorrência.

O diretor-presidente do Procon-ES, Rogério Athayde, explicou que o órgão viu a necessidade de promover essa ação conjunta por tratar-se de um estabelecimento clandestino que colocava em risco a saúde e segurança da população.

“Na quinta-feira (19), a Vigilância Sanitária Municipal de Vila Velha interditou o galpão e hoje (20), haviam funcionários trabalhando no local. Operações conjuntas fortalecem a ação porque cada órgão pode atuar de acordo com a sua competência”, explicou o diretor-presidente.

Denúncias

Desde a última segunda-feira (16), o Procon-ES registrou 265 denúncias a estabelecimentos comerciais que estariam vendendo o álcool em gel e máscara com preço elevado.

“Estamos intensificando as ações e colocamos outros canais telefônicos à disposição do consumidor para o registro de denúncias”, ressaltou Athayde.

As denúncias podem ser feitas por meio do App Procon-ES (disponível para Android) ou do Fale Conosco, disponível no site www.procon.es.gov.br (para quem possui iPhone) ou pelos telefones 151, 3332-4603, 3332-2011 ou 3381-6236.

 

Leia também

Lutador de Muaythai de Barra de São Francisco vence campeonato em primeiro lugar em Colatina

A equipe de Muaythai Tigres de Valhalla, esteve muito bem representada pelo estreante Gideão Pereira da Silva, na...

Três cidades de Minas Gerais atingidas por desastres receberão mais de R$ 2 milhões para ações de defesa civil

Três cidades de Minas Gerais atingidas por desastres naturais vão receber mais de R$ 2 milhões para ações...

Rota do Cordeiro promove o desenvolvimento de 225 municípios

As criações de cabras, carneiros e ovelhas são responsáveis por uma parte considerável da economia de estados do...

Trata Brasil aponta falta de investimentos como causa da desigualdade no saneamento básico

Para o Instituto Trata Brasil, a falta de investimento em saneamento básico nas regiões mais distantes do Brasil,...

Carreata “Esquenta Pomitafro” movimenta ruas de Vila Pavão

  Vila Pavão já está em clima de Pomitafro. A carreata do “Esquenta Pomitafro”, realizada na manhã da última...

Resultado do Prouni sai nesta terça-feita (9)

O resultado da primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) está marcado para sair nesta terça-feira (9),...

Ponte aérea Rio-SP é a 1ª do mundo com embarque biométrico facial para passageiros

Os aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro,  da rede Infraero, são...

Rota do Mel amplia as possibilidades de mercado para apicultores em nove estados brasileiros

Setor com grande potencial de expansão, a apicultura no Brasil é responsável pela geração de mais de 350...