Onda de mau tempo mata mais de 100 pessoas na Alemanha


Reuters – Mais de 1.000 pessoas estão desaparecidas e mais casas foram destruídas nas regiões afetadas pelas enchentes do oeste da Alemanha e da Bélgica na sexta-feira, onde as águas ainda estavam subindo e o número de mortos já era de 117.

Comunidades inteiras ficaram em ruínas depois que rios varreram cidades. 

“Foi tão terrível que não pudemos ajudar ninguém. As pessoas acenavam pelas janelas”, disse Frank Thel, morador de Schuld, à Reuters em frente a uma pilha de escombros na cidade da Renânia-Palatinado, onde vários edifícios desabou.

Só na Alemanha, 103 pessoas morreram naquela que é a pior perda em massa de vidas no país em anos. Doze dos mortos eram residentes de um lar para deficientes físicos em Sinzig, ao sul de Colônia, que foram surpreendidos pelas enchentes durante a noite.

O número de mortos deve aumentar ainda mais à medida que mais casas desabaram, enquanto na Bélgica, a mídia disse que pelo menos 14 morreram.

(Foto: Reuters)

Leia mais

Leia também