Oficina de lançamento do Laboratório Técnico de Artesanato Competitivo em Barra de São Francisco

Compartilhe

A Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes), em parceria com a Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco vai lançar nesta quinta-feira, 7, a partir das 17h, a “Oficina de Mobilização e Sensibilização do Projeto Laboratório Técnico: Artesanato Competitivo”, que é financiado pelo governo federal através do Ministério da Economia e busca qualificar os artesãos brasileiros para a produção, comercialização e administração do artesanato.

A expectativa é de que sejam repassados cerca de R$ 1 milhão aos Estados participantes para fomento às políticas públicas de artesanato.

O evento acontece no auditório da Escola Municipal de Ensino Fundamental em Tempo Integral Ozéias Rezende, com a presença de agentes da Aderes, Programa do Artesanato Brasileiro e outras entidades parceiras.

O município de Barra de São Francisco foi escolhido para ser polo da região Noroeste do Estado, segundo Deyverson Silvestre, da Aderes, por causa da “excelente estrutura da Casa do Artesanato, da grande variedade de produtos e capacidade de mobilização” da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Empregos (Semdege).

“É importante frisar que os artesãos e artesãs do município e região precisam participar dessa primeira oficina, de apresentação do projeto, para que possam estar habilitados a participar da próxima fase”, informa Deyverson.

Ainda segundo Silvestre, o projeto é originário da Colômbia, que hoje é um dos maiores produtores e exportadores de artesanato para o mundo e que concebeu essa estratégia de formação dos seus artesãos. “Para você ter uma ideia, apenas três Estados – Amazonas, Ceará e Espírito Santo – foram contemplados pelo governo federal nessa primeira fase e nós somos o Estado que mais avançou”, explica.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Empregos, Guilherme Fernandes, salientou que tomou conhecimento do projeto no ano passado e iniciou os contatos para trazer uma oficina e polo para Barra de São Francisco. Fernandes disse que ter ficado muito feliz com o reconhecimento por parte da Aderes, da infraestrutura do município – leia-se Casa do Artesanato – que foi considerada uma das mais completas de todo Estado.

“Em mais uma importante conquista para nosso municipio, conseguimos trazer para Barra de São Francisco o Projeto Artesanato Competitivo, que é um Projeto modelo a nível nacional, organizado pelo Ministério da Economia, juntamente com o Programa do Artesanato Brasileiro que é a Associação de Artesanato a nível nacional e Governo do Estado do Espírito Santo”, comemora Fernandes.

O que é o projeto?

O Projeto Artesanato Competitivo, se propõe a desenvolver ações que possibilitem a melhoria da qualidade da produção artesanal do Estado, bem como, a ampliação dos canais de comercialização do artesanato, como fatores condicionantes para a melhoria da renda dos artesãos capixabas. O número de vagas é limitado e só poderá se inscrever no Projeto quem participar do lançamento.

“A valorização e o desenvolvimento do seguimento do artesanato se apresentam como pano de fundo em todas as ações concebidas neste projeto. Para tanto, propõe-se um conjunto de ações que promovem transformações estruturantes no seguimento com o incentivo e apoio ao trabalho, comercialização dos produtos artesanais ampliando sua capacidade de gestão e suas autonomias, contribuindo para a sustentabilidade do setor artesanal e consequentemente melhoria no nível de renda e qualidade de vida do artesão”, explica a Aderes.

Perfil do Artesão

O perfil do artesão ainda é de pessoas de baixa renda, que possuem no ofício seu meio de subsistência. Por isso, o trabalho do Ministério da Economia e das coordenações estaduais é de aperfeiçoar o lado empreendedor do artesão.

A implantação dos laboratórios, que serão escolas técnicas do artesanato, vai melhorar a atuação dos artesãos regionalmente.

SERVIÇO

Oficina de Mobilização e Sensibilização do Projeto Laboratório Técnico: Artesanato Competitivo

Data: 7 de abril

Horário: 17h

Local: Auditório da EMEFTI Ozeias Rezende

Leia também

Dormir mal pode contribuir para o ganho de peso?

Depois de uma noite inteira acordado, o que você gostaria de comer? Certamente não seria uma salada. Em...

Informações sobre desaparecidos serão aperfeiçoadas para melhor divulgação e compartilhamento

As famílias que buscam por parentes desaparecidos passam a contar com uma rede de apoio. O Governo Federal,...

Lyon derrota Barcelona em Turim e conquista Liga dos Campeões feminina

O Lyon (França) derrotou o Barcelona (Espanha) por 3 a 1, neste sábado (21) em Turim (Itália), e...

Lula diz esperar que Moro tenha o direito de defesa que ele não teve na Lava Jato

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta terça-feira esperar que...

Luiz Henrique garante vitória do Fluminense sobre o Fortaleza

Graças a um golaço de Luiz Henrique, o Fluminense derrotou o Fortaleza por 1 a 0, neste domingo...