Obras em rodovias auxiliam escoamento de produção e logística durante pandemia

a500d323-ac83-47ab-8791-491d22e09117.jpeg

Transamazônica
– Foto:
Alberto Ruy/ MINFRA

Para assegurar a logística necessária ao transporte de bens no país, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) entregou diversas obras entre os meses de março e maio. As obras finalizadas nesse período de pandemia também auxiliam no transporte de equipamentos de segurança e proteção ao enfrentamento do Covid-19. 

Entre as principais entregas durante o período de pandemia estão duplicações e restauração de rodovias federais. Com a chegada da nova doença, as obras garantem geração de emprego e renda, sem descuidar da saúde dos trabalhadores uma vez que, de acordo com o Dnit, os empregados receberam orientações sobre a adoção de medidas de prevenção e cuidados relacionados ao novo coronavírus durante a execução das obras. 

Filho de caminhoneiro, o caminhoneiro autônomo, Aldacir Cadore, mora em Goiás e está mais que acostumado à vida na estrada. Ele contou que percebeu as melhorias feitas nos últimos meses. 

“Desde que começou essa época de pandemia o governo não parou, a gente percebe nas BRs. Quero deixar aqui frisado que isso só tem a melhorar para nós a categoria, em qualidade de vida, em custo-benefício pra o caminhão, mais tranquilidade, mais segurança”, disse Caldore. 

Cadore destacou que as rodovias bem pavimentadas e duplicadas trazem benefícios como ganho de tempo e redução dos gastos com manutenção nos caminhões. “Dentre os 20 pontos que foram entregues nessa época de pandemia, isso nos auxilia muito”, afirmou. 

Obras nas rodovias 

Em Roraima, foi concluída a pavimentação de um trecho 43,8 quilômetros na BR-432, reduzindo o tempo de deslocamento entre a capital do estado, Boa Vista, e a capital do Amazonas, Manaus, o que contribui para o escoamento da produção. 

No Centro-Oeste, as equipes do Dnit concluíram a restauração de oito quilômetros na BR-080, em Goiás. A BR-262, no Mato Grosso do Sul, importante corredor para escoamento da safra e indústria de papel e celulose, teve mais 15 quilômetros de pista restaurada. 

Na BR-367, em Minas Gerais, foi concluída a obra de construção, reforço e alargamento da ponte sobre o rio Araçuaí. Já no Mato Grosso do Sul, foram finalizados os serviços de alargamento das pontes sobre os córregos Palmito e Moeda, na BR-158, no Mato Grosso do Sul. 

No Rio Grande do Norte, o Dnit completou as obras de recuperação, reforço e reabilitação da ponte rodoviária Felipe Guerra, localizada no km 115,34 da BR-304.

Rodovias duplicadas 

O Dnit concluiu diversas obras de duplicação nas rodovias federais, a exemplo da BR-381, em Minas Gerais, onde foram entregues este mês 15 quilômetros de pista duplicada.

Já na BR-101, na Bahia, foram finalizados mais de 15 quilômetros de duplicação entre os municípios de Esplanada e Entre Rios. Em Sergipe, a BR-101 conta com mais nove quilômetros de pista duplicada. 

Na região Sul, foram concluídos mais 22 quilômetros de duplicação na BR-116/RS entre Guaíba e Pelotas e a BR-392/RS teve mais 3,5 quilômetros duplicados que foram abertos ao tráfego.

No Paraná, a equipe do Dnit finalizou as obras de duplicação de 8,3 quilômetros da BR-163. Em Santa Catarina, na BR-470, foram liberados trechos duplicados e mais sete quilômetros de pista foram restaurados.  

Transporte Aquaviário 

O Dnit possibilitou ainda o funcionamento emergencial do sistema de transposição da eclusa de Tucuruí, no rio Tocantins, estado do Pará. A iniciativa permite a passagem de uma Unidade Básica de Saúde Fluvial que está auxiliando nas ações de combate ao Covid-19 na região. 

O Dnit também inaugurou a Instalação Portuária de Pequeno Porte (IP4) da Vila Amazônia, no município de Parintins (AM). O local fornece produtos agrícolas a outras 46 comunidades. 

Transamazônica 

No último sábado (30), foram inaugurados mais 32 quilômetros das obras de pavimentação da rodovia BR-230, conhecida como Transamazônica. O trecho, que liga o município de Itupiranga a Novo Repartimento, no Pará, faz parte das obras de 101,9 quilômetros da rodovia federal, que conta com R$ 219 milhões de investimento. 

Com essa entrega, o Dnit totaliza a execução de 90 quilômetros. As equipes já iniciaram os trabalhos nos 12 quilômetros restantes que devem ser concluídos até novembro. A BR-230 é uma das rodovias mais importantes do país, como 4.200 quilômetros, iniciando na Paraíba, atravessando as regiões Nordeste e Norte, chegando até o município de Lábrea, no Amazonas.

 

Leia mais

São Mateus confirma quatro novos casos de coronavírus e número sobe para 10

Subiu para 10 o número de casos confirmados...

Terminais começam a receber doações para o ES Solidário

A partir desta segunda-feira (01), os terminais de integração do Sistema Transcol começam a receber doações...

Boa Esperança decreta o fechamento total do comércio a partir de quarta-feira

O comércio de Boa Esperança, inclusive os considerados...

Leia também

Trabalhador morre após ser atingido por pedras de granito no Norte do Espírito Santo

Um trabalhador morreu atingido por uma pedra granito, na manhã desta quarta-feira (24), em Aracruz, no Norte do Espírito Santo. O corpo foi encaminhado...

TSE determina volta de prefeito de Conceição da Barra ao cargo

O Ministro Alexandre de Moraes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou, na noite desta quarta-feira (23), o retorno do prefeito Francisco Vervloet (PSDB), de...

Vitória terá mais de 430 candidatos a vereador nas eleições de 2020

Candidaturas ainda precisam ser aprovadas pela Justiça Eleitoral. Número de candidaturas é 68% maior que na eleição de 2016. Por Luiza Marcondes, G1 ES   Os partidos...

Comissão parlamentar que acompanha ações de combate aos incêndios no Pantanal deve visitar Corumbá (MS) em 03 de outubro

A Comissão do Senado criada para acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios do Pantanal aprovou uma segunda visita aos locais das queimadas. Desta...