O que foi a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF)

CPMF

A Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) foi uma cobrança que incidiu sobre todas as movimentações bancárias — exceto nas negociações de ações na Bolsa, saques de aposentadorias, seguro-desemprego, salários e transferências entre contas correntes de mesma titularidade — e vigorou no Brasil por 11 anos.

A primeira experiência com esse tipo de contribuição foi feita com o Imposto Provisório sobre Movimentação Financeira (IPMF), aplicado apenas no ano de 1994. Em 1996, o governo voltou a discutir a possibilidade de instituir novamente uma cobrança sobre movimentação financeira, com o objetivo de direcionar a arrecadação desse tributo para a área da saúde. No ano seguinte, começou a ser cobrada a CPMF.

No final de 2000, o governo decidiu permitir o cruzamento de informações bancárias com as declarações de Imposto de Renda dos contribuintes, de modo a poder identificar discordâncias entre valores declarados à Receita Federal e a movimentação de dinheiro em bancos e possíveis fraudes.

A contribuição foi prorrogada diversas vezes. Em outubro de 2007, a Câmara aprovou proposta que estendia a cobrança da CPMF até 2011, mas a iniciativa foi derrotada no Senado dois meses depois. À época, o governo alegou que o fim da CPMF resultaria numa perda de arrecadação de cerca de R$ 40 bilhões em 2008.

De 1997 a 2007, a CPMF arrecadou R$ 223 bilhões. Em 2007, último ano de vigência da contribuição, foram recolhidos R$ 37,2 bilhões, segundo balanço divulgado pela Receita Federal.

O crescimento da receita gerada pela CPMF entre 1998 e 2006 foi de 216,1%, enquanto o montante de tributos administrados pela Receita Federal evoluiu 78,4% no mesmo período, em termos reais.

Apesar de ter sido criada para financiar a saúde, não havia essa obrigação na lei, e R$ 33,5 bilhões foram usados para financiar outros setores. Leia mais sobre CPMF e financiamento da Saúde na revista Em Discussão!.

Agência Senado

Leia mais

São Mateus confirma mais nove casos de coronavírus em 24 horas e total chega a 43

Em um dia, os casos de coronavírus confirmados...

Presidente de CPI critica utilização de guinchos durante quarentena

Alegando que faltou transparência na contratação, o deputado...

“Se retirarmos competências tributárias dos municípios, será difícil prestar serviços públicos à população”, defende presidente da Abrasf

O Brasil tem uma das cargas tributárias mais altas no mundo. No ano passado, segundo um estudo realizado por especialistas do setor, a carga...

Enivaldo dos Anjos denuncia nova licitação milionária para pátios de guinchos

O deputado estadual Enivaldo dos Anjos, presidente da...

Leia também

PM recupera veículo roubado após trocar tiros com criminosos

A Polícia Militar prendeu um criminoso e baleou outro em Nova Venécia após os bandidos roubarem uma caminhonete em São Gabriel da Palha na...

Clima de já ganhou

Aliados que visitam o escritório de campanha do deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) estão empolgados. Segundo eles, a eleição será fácil e o clima no...

Denilson traído pela segunda vez

O vice-prefeito de Barra de São Francisco, Denilson Ferreira (Solidariedade), é uma humilde e trabalhador, mas na política essas qualidades parecem não ser muito...

Bicho-preguiça é encontrado em rodovia de Jaguaré, no Espírito Santo

Um bicho-preguiça foi encontrado na Estrada de Palmitinho, em Jaguaré, no norte do Espírito Santo. As imagens foram enviadas pela telespectadora Érica à TV Gazeta....