Número de mortos na Faixa de Gaza sobe para 83


247 – O Ministério da Saúde da Faixa de Gaza anunciou, nesta quinta-feira (13), que aumentou para 83 o número total de palestinos mortos pelo massacre das forças israelenses. Entre as vítimas fatais estão 17 menores de idade. Os ataques também deixaram 487 feridos, de acordo com o ministério. Fontes militares de Israel afirmaram que o país bombardeou Gaza mais de 600 vezes desde segunda-feira, de acordo com o portal G1

O ministério palestino afirmou ter encontrado sinais de asfixia por gás venenoso em mortos que resultaram dos ataques israelenses, enquanto o conflito entre a Palestina e Israel continua.

“Ao centro médico Al-Shifa foram levados vários corpos de mortos. Após o exame dos patologistas, se descobriu que a causa direta da morte foi asfixia, também existem indícios óbvios indicando a possibilidade de asfixia devido à inalação de gases venenosos”, de acordo com o comunicado de imprensa publicado no Facebook.

O Ministério da Saúde palestino destacou que está sendo realizada uma análise de biomateriais dos falecidos.

Por causa da intensificação dos combates, o Conselho de Segurança da ONU terá uma nova reunião na sexta-feira (14), a terceira em uma semana.

*Com informações da Agência Sputnik

Fontes militares de Israel afirmaram que o país bombardeou Gaza mais de 600 vezes nesta semana

Fontes militares de Israel afirmaram que o país bombardeou Gaza mais de 600 vezes nesta semana (Foto: REUTERS)

Leia mais

Leia também