Novo ‘Regimento Interno e Código de Conduta’ é apresentado para servidores da Seag

Compartilhe

Nesta quinta-feira (02), o Escritório Local de Projetos, Processos e Inovação (ELPPI) apresentou o primeiro “Regimento Interno e Código de Conduta dos Servidores da Seag” para os servidores da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). O documento apresenta um conjunto de normas e diretrizes estabelecidas para regulamentar a organização e o funcionamento do Órgão, de forma simplificada, detalhando os diversos níveis hierárquicos, as respectivas competências das unidades existentes e os relacionamentos internos e externos.

“Fizemos um grande trabalho de pesquisa e estudo comportamental para desenvolver esse documento e gostamos de enxergá-lo como uma ferramenta.”, destacou Vinícius Escócia, membro do Escritório Local de Projetos, Processos e Inovação e um dos idealizadores do Regimento Interno.

Por meio deste instrumento, todos os servidores tomam conhecimento dos direitos e obrigações, e das questões comportamentais esperadas deles, além das informações de como a Seag é estruturada internamente, de acordo com o alinhamento estratégico. A principal motivação para a elaboração do Regimento Interno e Código de Conduta dos Servidores da Seag é ser uma ferramenta central, que torne todas as partes da organização mais bem integradas, cientes dos princípios e valores adotados pela Secretaria, além de funcionar como uma espécie de acordo coletivo para tornar as atividades no ambiente de trabalho mais harmônicas e homogêneas.

Para a elaboração do documento, foi realizado um amplo e complexo trabalho de pesquisa, em regimentos internos e códigos de conduta de empresas da iniciativa privada, empresas de economia mista, empresas públicas e órgãos de todas as esferas de Poder, sem perder de vista as especificidades da cultura organizacional da Seag.

A organização do Regimento Interno e Código de Conduta dos Servidores da Seag foi realizada pelo Escritório Local de Projetos, Processos e Inovação. A participação da Comissão de Ética da Seag e da Subsecretaria para Assuntos Administrativos no processo de revisão do documento também foi fundamental para dar ainda mais credibilidade ao trabalho, possibilitando que o resultado fosse alcançado de acordo com o esperado pela alta direção e pelos demais servidores do Órgão.

Leia também

Casagrande anuncia redução do ICMS de combustíveis, energia elétrica e comunicação

  O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, anunciou, nesta terça-feira (28), a redução da alíquota do Imposto sobre...

Espírito Santo registrou 260 casos de estupro contra crianças nos primeiros 5 meses de 2022

De janeiro a maio deste ano, o Espírito Santo registrou 260 casos de estupro contra crianças de 0...

Agente de turismo é preso por aplicar golpes com pacotes de viagens falsos

Por Brenda Corti A equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Marataízes prendeu um homem de 31 anos, no...

Eleitor de Lula vê menos comida no prato e se preocupa com desemprego, diz Datafolha

JÚLIA BARBON RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A parcela de eleitores que pretende votar no ex-presidente Luiz...

Barra de São Francisco recebe caminhão de lixo e retroescavadeira do governo do Estado

Um grupo de vereadores de Barra de São Francisco esteve representando o prefeito Enivaldo dos Anjos na solenidade...

Bueiro é construído no Santa Angélica, agora, são 81 em um ano e seis meses

A secretaria de Transportes e Estradas da prefeitura de Barra de São Francisco, com seus funcionários construíram mais...

Polícia Civil prende homem suspeito de furtar materiais de uma obra em Jaguaré

As equipes das Delegacias de Polícia de Jaguaré e Vila Valério prenderam em flagrante, na tarde dessa quarta-feira (29),...