Novo Decreto amplia atendimento presencial em Vila Pavão

A prefeitura Vila Pavão publicou um novo Decreto que amplia o atendimento presencial no comércio local, desde que sigam as normas de segurança, prevenção e combate ao coronavírus.

O Decreto Nº 1.553/2021, publicado na tarde desta terça-feira (30), altera o artigo 1º do Decreto Nº 1.550/2021, que regulamenta o funcionamento das atividades consideradas essenciais no município.

Vila Pavão passou por um lockdown de quatro dias. As autoridades sanitárias acreditam que o isolamento imposto à toda população tenha quebrado a corrente de transmissão do vírus.

O prefeito Bolinha destaca que a preocupação maior sempre foi e será a vida dos munícipes. “Enquanto Poder Público, temos cumprido com nossas responsabilidades na aplicação de um plano de enfrentamento da Covid-19 com a atuação responsável do Centro de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE), empenho e dedicação da equipe de linha de frente da saúde e de outras equipes de apoio da prefeitura que atuam nas barreiras sanitárias, fiscalização, orientação ativasl, lavagem e higienização das vias públicas, dentre muitas outras ações”, frisou.

O prefeito disse, ainda, que o município trabalha com a perspectiva de um retorno gradativo das atividades de maior necessidade da comunidade local, como ponto de equilíbrio responsável entre a preservação da vida e a preservação da economia.

A cidade está em processo gradativo de flexibilização e, aos poucos, está reativando as atividades comerciais essenciais. Na tarde desta segunda-feira (29), alguns setores como supermercados, postos de combustível e farmácia de plantão, poderão retomar o atendimento presencial. Nesta terça, com a formulação do novo Decreto, o processo foi ampliado, permitindo o retorno presencial nas padarias e demais farmácias e serviço de vendas por delivery em outras modalidades de comércio e serviços. Confira: 

Atendimento presencial

– Padarias voltam com o atendimento presencial, a partir desta quarta-feira (31), das 6 às 17h, sendo que o consumo de produtos alimentícios no local está proibido;

–  Farmácias também poderão voltar com a atendimento presencial a partir desta quarta-feira (31), das 7 às 17h;

– Correios, oficinas, borracharias e casas de peças  voltam com o atendimento em horário normal a partir desta quarta-feira (31), observando a restrição de fluxo de pessoas conforme estabelecido no decreto;

– Atividades na construção civil também foram liberadas a partir desta quarta-feira (31).
Sistema de delivery

– Lanchonetes, pizzarias, pastelarias e sorveterias só poderão funcionar por meio de delivery, a partir desta quarta-feira (31), das 17 às 22h;

– Restaurantes só poderão funcionar por meio de delivery, a partir desta quarta-feira (31), das 7 às 18h;

– Lojas de materiais de construção passam funcionar com vendas por delivery a partir desta quarta-feira (31), das 7h às 17h;

As atividades consideradas não essenciais poderão funcionar, internamente, e realizar entrega de produtos e serviços, por meio de delivery, das 7h às 17h. Nesse setor, o atendimento presencial não pode ser praticado em hipótese alguma.

Leia mais

Leia também