“Novela” da rodoviária de Barra de São Francisco confirmada para 2021

A “novela” da construção do Terminal Rodoviário em Barra de São Francisco está confirmada para a próxima administração, que assume em 2021.

Não há ainda garanta de construção, mas há garantia de novos capítulos dessa trama, que já dura mais de 20 anos.

O assunto já virou até piada entre os internautas e sempre é motivo de comparações bizarras.

Desde o final dos anos 90, quando o prefeito ainda era José Honório Machado, já se falava em construir uma nova rodoviária na cidade. Edinho assumiu em 2001, e a promessa continuou viva até 2006 quando ele foi tirado da prefeitura. Waldeles assumiu e manteve a proposta de construção, inclusive com ideias novas e outdoor para divulgar a construção. Deu em nada!

Luciano assumiu em 2013, apresentou projeto faraônico, fez lobby com comerciantes, bateu no peito que entregaria a obra, mas não conseguiu tirar do papel.

Veja aqui mais sobre a rodoviária de Barra de São Francisco

Já em 2016, Alencar Marim assumiu dizendo que o projeto de Luciano era caro, e chegou a dizer na época que estavam construindo um “galpão”. Quatro anos se passaram e ele não conseguiu sequer levantar uma parede no local.

Alencar conseguiu até uma nova licitação para a obra, com valor ainda maior que o projeto inicial de Luciano Pereira. Nesse último ano de mandato, chegou a prometer que entregaria a obra, mas foi só fake news.

Por final, o SiteBarra teve acesso a uma decisão do Tribunal de Contas do Espírito Santo que determinou que o prefeito suspenda a licitação.

Alencar já não conseguiria mesmo entregar a obra, já que faltam apenas 4 meses para o fim de seu mandato. O “balde de água fria” do TCEES só serviu para garantir que o assunto de rodoviária em 2020 está morto e enterrado.

Quem venha a temporada 2021.

Veja mais no SiteBarra360

Leia mais

Leia também