Novas instalações para trabalho pericial são entregues

Novas instalações para trabalho pericial são entregues

O novo espaço passou a contar com laboratórios mais amplos para exames periciais Foto: Ministério da Justiça e Segurança Pública

Foram inauguradas as novas instalações do Instituto Nacional de Criminalística (INC), resultado da finalização das obras do Centro Nacional de Difusão de Ciências Forenses da Polícia Federal, em Brasília (DF). O novo espaço passou a contar com laboratórios mais amplos para exames periciais e com novas salas de treinamento para capacitar peritos criminais e servidores das forças de segurança pública.

Na ocasião, o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública e da Polícia Federal, assinou o termo de cooperação técnica que criou o Centro Multiusuário de Processamento Automatizado de Vestígios Sexuais. O centro é equipado com uma plataforma robotizada para execução automatizada de rotinas de identificação humana e auxilia no processamento de vestígios de crimes armazenados nos laboratórios de genética forense das unidades estaduais de perícia criminal, com o aumento da identificação da autoria dessas ocorrências.

Para o secretário Nacional de Segurança Pública, Renato Paim, essa é mais uma ação estruturante de integração entre as instituições. “Com a assinatura desse acordo junto à Polícia Federal, nós iremos fortalecer o enfrentamento aos delitos sexuais, seguindo a linha de orientação do nosso ministro André Mendonça, no sentido de proteger as nossas mulheres brasileiras”, afirmou. Para Paim, além de fomentar a tecnologia e melhorar a resposta da Polícia Federal, a entrega do ministério ajudará no “fortalecimento do eixo do conhecimento e do ensino, preparando e melhorando a atuação dos peritos no Brasil”.

Na cerimônia de inauguração das novas instalações, também foi lançado o Sistema Integrado de DNA, o SinDNA, que tem a proposta de ser uma solução completa para o desenvolvimento da genética forense e para a promoção dos Bancos de Perfis Genéticos que integram a Rede Nacional de Perfis Genéticos do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A partir desse sistema, será possível obter informações e relatórios consolidados sobre coletas de materiais biológicos e análises de genética forense de maneira fácil e prática.

Leia mais

Leia também