Nova versão do Clique Escola é disponibilizada pelo MEC

Compartilhe

O Ministério da Educação (MEC) lançou, nesta semana, a versão 2.0 do aplicativo educacional gratuito Clique Escola, sistema que disponibiliza dados financeiros e educacionais de 180 mil escolas públicas e privadas do país.

A nova versão, já disponível para download nas lojas de aplicativos dos celulares, apresenta dados atualizados e funcionalidades inéditas, permitindo o acesso a informações sobre as estruturas físicas das escolas, como a quantidade de laboratórios, banheiros e quadras esportivas. Além disso, a plataforma oferece oportunidade de interação entre os diretores escolares de todo o Brasil e um espaço para divulgação de projetos escolares.

“Além da transparência e do controle social, queremos promover uma forte interação entre a comunidade escolar, e entre os cidadãos e a escola. Unindo todos por meio de uma plataforma digital, rica em dados educacionais e financeiros de cerca de 180 mil escolas da educação básica”, ressaltou Mauro Rabelo, secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, durante evento de lançamento do aplicativo que aconteceu nesta semana.

Prefeituras recebem repasse adicional de R$ 1 bilhão do FPM nesta sexta-feira (10)

COVID-19: retorno seguro às aulas presenciais exige conscientização dos estudantes

As informações do aplicativo são retiradas do banco de dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e do Instituto Brasileira de Geografia e Estatística (IBGE), e o desenvolvimento da nova versão foi feito em parceria com o Centro de Artes e Comunicação (CAC), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Pelo aplicativo é possível acessar dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), a taxa de distorção idade-série, taxas de rendimento e repasses financeiros do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

O secretário acrescentou que a primeira versão do Clique Escola, de março de 2020, foi baixada mais de 213 mil vezes, e que a expectativa é aumentar os downloads nessa nova versão, pois é uma ferramenta importante para o sistema educacional. “Na educação a gente aprende com exemplos, uns aprendem com os outros. Essa é uma oportunidade que os gestores vão ter de poder visualizar projetos de outras escolas, e daí se inspirar, aperfeiçoar, melhorar. Então, trocar experiência com outras gestões de outros estados e cidades”, enfatizou. 

Foto: Marcelo Casal Jr/Agência BrasilFoto: Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Leia também

Motorista perde controle de veículo e invade residência no interior de Barra de São Francisco

Um homem ficou ferido após perder o controle do veículo em que dirigia e colidir contra uma casa...

Ex-moradores de rua reencontram a dignidade trabalhando no Hortão Municipal do Polo Industrial

Vilma Rodrigues Souza, 45 anos, veio de Ecoporanga há cerca de quatro anos, tentar uma vida melhor em...

Veículo desgovernado bate em poste nas proximidades da Vila Luciene, em Barra de São Francisco

O condutor deste veículo perdeu controle de direção do mesmo e acabou rodando na pista e bateu em...

INDICADORES: preço do café arábica cai nesta terça-feira (24)

A saca de 60 quilos do café arábica começou a terça-feira (24) com queda de 1,31% no preço...

Governo garante material para concluir pavimentação em Vila Paulista

O presidente da Câmara Municipal, vereador Ademar Antônio Vieira, o Lemão Vitorino, anunciou nesta sexta-feira, 20, nas redes...

Cartilha dá dicas para turistas em viagens de carro

Os ministérios da Justiça e do Turismo lançaram hoje (25) uma cartilha que pretende ajudar os turistas, enquanto...