Nova Venécia participa de solenidade do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares • SiteBarra

Nova Venécia participa de solenidade do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares

Os técnicos pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação (Seme), professores Udison Brito Oliveira e Vagner Souza Amorim, estiveram em Brasília, nesta quarta-feira (24), representando Nova Venécia na solenidade alusiva ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro. Os convidados foram recebidos com a apresentação da Banda da Escola Estadual Cívico-Militar (ECIM), Vila União, de Palmas (TO).

Uma das metas previstas no Plano de Governo do prefeito, André Fagundes (PDT), trata da revitalização do espaço da extinta Escola Pequeno Mundo para estabelecer no local, uma escola Cívico-Militar. “É com muito orgulho que divido essa notícia com a população veneciana. Com menos de um ano de governo e já alcançamos tanto em relação a esta meta, um trabalho que superou as minhas expectativas. Parabenizo o empenho da equipe da Secretaria de Educação por proporcionar tamanha conquista para o nosso município”, ressaltou André.

De janeiro até este mês de novembro, a Secretaria Municipal de Educação vem se empenhando muito e obteve avanços significativos em duas frentes de trabalho. A primeira é sobre a construção do projeto para revitalização, ampliação e adequação da estrutura das antigas instalações da Escola Pequeno Mundo, com o objetivo de acomodar uma escola Cívico-Militar, de acordo com o padrão estabelecido pelo MEC.

O segundo ponto de atuação da Secretaria foi iniciar um diálogo com a equipe técnica do Ministério da Educação, buscando caminhos para que pudesse aderir e implementar o modelo de gestão proposto pelo Programa Nacional de Escolas Cívico-Militares (PECIM), através de reuniões virtuais com a diretoria de Políticas das Escolas Cívico-Militares do MEC e que contou com participação do prefeito, do deputado federal, Neucimar Fraga, articulador da ação, e da secretária de Educação, Wanessa Sechim.

Ainda no mês de agosto, o prefeito esteve em Brasília acompanhado de alguns vereadores e reuniu-se com o diretor de Políticas para Escolas Cívico-Militares, Sérgio Passos, com o deputado federal, Neucimar Fraga, e seu assessor técnico para assuntos educacionais, Wilson Pereira. A partir desse encontro, foram feitos os encaminhamentos para a formalização da adesão e, neste mês de novembro, o prefeito assinou o Acordo de Cooperação Técnica com o MEC, cuja a publicação ocorreu  no último dia 16, no Diário Oficial da União.

Agora, o  próximo passo é iniciar a reforma, ampliação e revitalização do espaço do antigo Pequeno Mundo e, ao concluir esse processo, iniciar as atividades letivas da Escola Cívico-Militar em Nova Venécia.

A escola contará com 225 vagas no turno matutino e mais 225 no turno vespertino, totalizando 450 vagas nos anos finais do Ensino Fundamental, do 6º ao 9º ano.

“A importância da implementação desse modelo de escola são as evidências dos resultados pedagógicos positivos da metodologia utilizada no  modelo Cívico-Militar, por isso nós estamos insistindo nessa implementação, sobretudo nos anos finais do ensino fundamental, cuja nota do Ideb não alcançou a meta estipulada” explicou a secretária de Educação, Wanessa Sechim, que disse acreditar no potencial dos estudantes venecianos e que esse índice pode melhorar muito. “Confio na competência dos nossos professores, por isso insistimos nesse modelo. Com a captação de mais um grande recurso federal para o município, estamos garantindo a qualidade da educação em diversas frentes de trabalho”, completou.

Ainda durante a solenidade, mais uma conquista. Segundo o assessor pedagógico da Seme, Udison Breto, responsável pelos estudos técnicos para implementação do modelo cívico-militar, a nova escola já conta com um código do Instituto Nacional de Pesquisas e Pesquisas Educacionais (Inep). “Esse código permite identificar de maneira unificada cada uma das escolas do Brasil, de acordo com o cadastro junto ao Ministério da Educação, ou seja, uma espécie de certidão de nascimento da escola, com o qual se viabiliza todos os outros programas como a Alimentação Escolar, o Transporte Escolar, o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), entre tantos outros recursos” explicou.

No gabinete do deputado federal, Neucimar Fraga, os professores Udison Brito de Oliveira e Vagner Souza Amorim foram recebidos, também, pelo assessor técnico para assuntos educacionais, Wilson Pereira