Nova medida protege empresas exportadoras durante pandemia

Nova medida protege empresas exportadoras durante pandemia

Regime aduaneiro especial oferece incentivos fiscais para empresas interessadas em realizar operações de comércio exterior.
– Foto:
Foto: EBC

Mais uma medida para proteger as empresas dos efeitos da Covid-19 sobre a economia. O prazo para as empresas exportadoras brasileiras que aderiram ao regime conhecido como drawback, que os atos terminariam em 2020, foi prorrogado por mais um ano. Confira Medida Provisória.

O drawback é um regime aduaneiro especial que oferece incentivos fiscais para empresas interessadas em realizar operações de comércio exterior. Na prática, elimina os impostos do setor produtivo brasileiro sobre matéria prima importada para a produção de mercadorias que, em seguida, serão destinadas à exportação.

Segundo o Secretário de Comércio Exterior substituto, Leonardo Diniz Lahud, é um incentivo para que as empresas brasileiras se fortaleçam no mercado internacional. “A ideia do regime é não exportar tributo e, assim, permitir um aumento da competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional”, disse. “Quando a gente fala de desoneração de tributos que incidem sobre esses insumos, estamos falando, por exemplo, do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), da Cofins e, também, da desoneração do ICMS”, explicou.

A medida, segundo o Ministério da Economia, é necessária para não comprometer a exportação de aproximadamente US$ 23 bilhões. “Isso se justifica por causa da diminuição e paralisação das atividades não essenciais devido à pandemia, e da redução da demanda externa por produtos industrializados brasileiros, que correspondem, em torno, de 75% das exportações realizadas via drawback”, disse o secretário.

No ano passado, 1.700 empresas brasileiras de diversos segmentos, como minério de ferro, carnes e defesa e cadeia automotiva, adotaram o regime de drawback. O número corresponde a 21,8% do total de exportações realizadas no período.

Leia mais

Modernização do mercado de câmbio brasileiro pode melhorar desempenho do setor industrial

O desempenho industrial brasileiro pode ter um novo cenário com a modernização do mercado de câmbio nacional. Atualmente, os serviços bancários no Brasil são...

TJMG elabora documento que vai padronizar as ações judiciais de saúde

A Constituição brasileira estabelece que a saúde é um direito de todo cidadão e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que...

Justiça determina que Abraão retire “bandeirolas azuis” em Água Doce do Norte

A justiça eleitoral determinou a retiradas de bandeiras azuis em residências de Água Doce do Norte. De acordo com a decisão, as bandeiras estavam...

População de Barra de São Francisco está aderindo ao uso de máscaras após confirmação do coronavírus

Após a confirmação do primeiro caso do coronavírus em Barra de São Francisco, nesta terça feira, 28/04/2020, muitos moradores que não faziam o uso...

Leia também

Ministério do Desenvolvimento Regional abre consulta para elaboração Carta Brasileira sobre Cidades Inteligentes

Até 7 de novembro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) abre uma consulta pública para a elaboração dos objetivos estratégicos e das recomendações que...

LRF proíbe gestor de assumir despesas sem caixa suficiente

Diante da crise causada pela pandemia da Covid-19, o Congresso Nacional se viu obrigado a criar um socorro a estados e municípios para minimizar...

Usuários frequentes do SUS avaliam melhor os serviços de Atenção Primária à Saúde

Quem utiliza o Sistema Único de Saúde (SUS) com maior frequência avalia mais positivamente a qualidade dos serviços prestados na área de Atenção Primária...

Demora para escolher presidente da CMO atrasa votação de R$ 27,2 bilhões em créditos adicionais

A demora na Câmara dos Deputados para escolher o novo presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO) pode causar um certo impacto na economia...