Nova espécie de planta é descoberta na Reserva Biológica Duas Bocas

 

A Reserva Biológica Duas Bocas é uma importante Unidade de Conservação (UC) sob gestão do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema). O local protege um relevante fragmento florestal de vegetação primária de Mata Atlântica e abriga uma rica e diversificada fauna, com espécies raras e ameaçadas de extinção. Agora, foi palco da descoberta de uma nova espécie de planta: a Peritassa formidolosa.

A Peritassa formidolosa foi encontrada em uma árvore caída e chamou a atenção de Julio Lombardi, pesquisador do Departamento de Biodiversidade da Universidade Estadual Paulista (Unesp). “A planta é uma trepadeira com flores pequenas, brancas e tem frutos, ainda desconhecidos, mas que devem ser pequenos e carnosos”, descreve o pesquisador.

“Por se tratar de uma espécie que não era descrita, nem conhecida anteriormente, essa descoberta acresce à diversidade brasileira e à da Mata Atlântica”, explica Julio Lumbardi. O pesquisador aproveita a descoberta para fazer ainda um alerta: “preservar a Mata Atlântica é de extrema importância, visto que se trata do bioma brasileiro mais ameaçado no momento.”

A Reserva Biológica Duas Bocas tem 3 mil hectares, que abrangem os municípios de Cariacica, Viana e Santa Leopoldina. Nela, está localizada a represa de Duas Bocas, inaugurada pelo presidente Getúlio Vargas, e abastecida pelos rios Sertão Velho, Pau Amarelo, Panelas e Naia-Assú, sendo que a desembocadura desses dois últimos originou o nome da UC. A unidade faz parte do Corredor Ecológico Duas Bocas – Mestre Álvaro e é utilizada para fins educativos e científicos, sem visitação aberta ao público

 


Leia mais

Leia também