Norte e Nordeste podem renegociar dívidas com Ministério do Desenvolvimento Regional

Empresas das regiões Norte e Nordeste já podem renegociar as dívidas com os Fundos de Investimento da Amazônia (Finam) e do Nordeste (Finor), que são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). O prazo para renegociar os débitos vai até 18 de dezembro deste ano.

Estados e municípios têm um novo programa para equilibrar as contas e dívidas com a União

Famílias pobres foram as mais atingidas pela inflação em 2020

A negociação das dívidas permite a quitação das debêntures com descontos que podem chegar a até 70% do valor total, com a possibilidade de exclusão de encargos e de juros de mora por inadimplência. Outra possibilidade é a extensão do pagamento em até sete anos, incluídos dois anos de carência.

Em qualquer caso, será estabelecida uma nova base de cálculo de indexação da dívida, aproximando a realidade desses fundos ao praticado no mercado. A renegociação deve ser feita diretamente com a instituição financeira – Banco do Nordeste (Finor) e Banco da Amazônia (Finam).

Foto: Energepiccom (Pexels)

Leia mais

Leia também