No saxofone, veneciano grava “Ave Maria” na Gameleira

O veneciano e professor de Artes do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), Ademir Adeodato, gravou um vídeo na Quinta-feira Santa (09), na Gameleira, em Nova Venécia.

A árvore centenária, que fica na Área de Proteção Ambiental (APA), é, também, cartão postal do município, por abrigar, ainda, o Santuário da Mãe Peregrina. E os motivos que levaram o professor, com mestrado e doutorado em música, a realizar o vídeo na localidade, têm a ver com o momento mundial vivido em relação ao coronavírus. “Escolhi o local pela energia do lugar. Em certo sentido, acredito que o local resume nosso município. Pela beleza, força e grandeza, gravei lá. E, também, pelo fato de que precisamos nos apegar em nossas crenças para conseguirmos atravessar essa fase difícil”, diz.

A canção tocada por Adeodato no saxofone foi “Ave Maria”, de Franz Schubert, composta em 1825. “Sou músico e acredito que todos temos de contribuir com a sociedade para atravessarmos esse duro momento de isolamento. A arte pode tornar menos penoso essa triste fase que estamos vivendo”, fala.

Mesmo por ter formação acadêmica em Vitória e no Rio de Janeiro, o professor fez questão de lembrar de suas raízes, e relata que iniciou sua vida musical na Lira Mateus Toscano. “Sou muito grato por essa oportunidade. A Lira mudou a minha vida. Tenho muito orgulho disso e sempre incentivo os novos alunos. O Leandro Bonifácio, que foi meu professor, é um exemplo de ensino de música. Tenho muito respeito e carinho por ele”, relata.

Ainda, o músico fala sobre religiosidade. “Ainda que nem todos sejamos católicos, olhar para a natureza é olhar para dentro de nós mesmos, nossas origens. Vale a pena”, finaliza.

Leia mais

Leia também