Nível do Rio Negro deve começar a baixar nas próximas semanas

Mesmo depois de ultrapassar a cota de inundação severa, estipulada em 29 metros, e atingir a marca histórica de 29,97 metros, o nível do Rio Negro, no Amazonas, deve começar a baixar nas próximas semanas. A tendência foi prevista pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) nesta segunda-feira (31).

Apesar disso, os efeitos da cheia do rio ainda serão sentidos por algum tempo, principalmente em Manaus, onde 15 bairros foram diretamente afetados. Segundo os pesquisadores, deve ocorrer um processo de finalização de enchentes.

Manaus e Anamã, no Amazonas, recebem R$ 2,28 milhões para atender vítimas de enchentes dos rios

Defesa Civil reconhece situação de emergência em municípios do Norte

De acordo com o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), até a semana passada a cheia dos rios já tinham causado um prejuízo da ordem de R$ 201,6 milhões aos produtores rurais.

Das 62 cidades amazonenses, apenas quatro não foram, em algum grau, atingidas pelas cheias dos rios. Decretaram situação de emergência 48 municípios, e seis reconheceram a situação de transbordamento dos cursos d’água e quatro a situação de alerta. 

Rio Negro. Foto: Agência Brasil.Rio Negro. Foto: Agência Brasil.


Leia mais

Leia também