Neymar recebe bônus de R$ 40 milhões por ano para ser simpático com torcedores

Não é de hoje que Neymar é um dos principais jogadores do PSG e um dos que mais chama a atenção quando o assunto é o clube francês.

Pensando nisso, os parisienses incluíram, em seu contrato, um “bônus ético”, que rende ao craque mais uma bolada para o seu bolso.

Segundo o El Mundo, que compartilhou a informação, a gratificação garante que o brasileiro seja cortês, amável e disponível para a torcida do Paris.

O valor deste bônus é de 6,5 milhões de euros brutos, ou R$ 40 milhões, por ano.

Após afirmar que o Paris Saint-Germain já desembolsou mais de 500 milhões de euros desde que contratou Neymar junto ao Barcelona, em 2017, o jornal “El Mundo” voltou a noticiar a respeito do contrato do brasileiro com o clube francês. Nesta segunda-feira, o portal revelou cláusulas e valores do vínculo.

Segundo o jornal, Neymar recebe 541.680 euros (R$ 3,3 milhões) para ser “cortês, pontual, simpático e disponível com o torcedor parisiense”, como cumprimentá-lo ao final dos jogos. O valor, pago ao camisa 10 mensalmente, é uma das cláusulas no contrato, que o portal já havia citado na matéria anterior.

Além destas determinações, o atacante também não pode criticar publicamente questões táticas nem fazer comentários negativos sobre o PSG ou pessoas que trabalham no clube da Cidade Luz.

De acordo com o jornal, somando a multa rescisória paga pelo PSG ao Barcelona (222 milhões de euros) com os salários recebidos pelo jogador desde que chegou ao clube, o time do Parque dos Príncipes já desembolsou 489.228.117 euros com Neymar.

Na conversão, o valor ultrapassa os R$ 3 bilhões (3.004.349.866,497), mas esta conta não é a correta por conta das variações do câmbio entre euro e real ao longo dos anos.