Netanyahu rejeita pedido de Biden e diz que continuará atacando os palestinos


O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quarta-feira (19), que está decidido a continuar a operação militar em Gaza, pouco após conversar com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que pediu “uma desescalada significativa” da tensão entre israelenses e palestinos.

“Estou decidido a continuar esta operação até que alcance seu objetivo: devolver a tranquilidade e a segurança aos cidadãos de Israel”, afirmou Netanyahu. 

As informações são do UOL.

Fontes militares de Israel afirmaram que o país bombardeou Gaza mais de 600 vezes nesta semana

Fontes militares de Israel afirmaram que o país bombardeou Gaza mais de 600 vezes nesta semana (Foto: REUTERS)

Leia mais

Leia também