Netanyahu incita deputados de direita do Parlamento a se oporem ao ‘perigoso governo de esquerda’


Sputnik – Esta é a primeira declaração do premiê de Israel desde que a oposição do país anunciou um novo governo de coligação.

No mês passado, Netanyahu não conseguiu formar um novo governo após a quarta votação em apenas dois anos.

O premiê israelense atacou o “perigoso governo de esquerda”, acusando o ex-ministro da Defesa de Israel Naftali Bennett, o seu potencial sucessor, de “vender” a região do deserto de Neguev à Lista Árabe Unida – um partido político árabe.

Na quarta-feira (2), Yair Lapid, líder do maior partido de oposição de Israel, informou o presidente israelense Reuven Rivlin de ter conseguido formar uma coalizão governamental.

De acordo com a Lei Fundamental do Governo, Naftali Bennett será primeiro-ministro de Israel por dois anos, em sistema rotativo. Bennet e Yair Lapid ocuparão alternadamente o cargo de premiê.

Yair Lapid foi escolhido em maio pelo presidente israelense para formar um novo governo depois que Netanyahu foi incapaz, após a votação de 23 de março, de formar o executivo no prazo estabelecido.

Ao longo dos últimos dois anos, em Israel foram realizadas quatro eleições parlamentares, mas os partidos vencedores se mostraram incapazes de formar uma coalizão estável.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais: 

 

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu em Jerusalém 13/04/2021

Primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu em Jerusalém 13/04/2021 (Foto: Debbie Hill/Pool via REUTERS)

Leia mais

Leia também