Nas Filipinas, Duterte ameaça prender quem não se vacinar contra a Covid: “você escolhe, vacina ou cadeia”


247, com Reuters – O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ameaçou prender pessoas que se recusarem a ser vacinadas contra o novo coronavírus. O país enfrenta um dos piores surtos da Ásia, com mais de 1,3 milhão de casos e mais de 23.000 mortes.

“Você escolhe, vacina ou cadeia”, disse Duterte em um discurso transmitido pela televisão na segunda-feira, 21, após relatos de baixa participação em pontos de vacinação na capital, Manila.

Os comentários de Duterte contradizem os de seus funcionários de saúde que disseram que, embora as pessoas sejam incentivadas a receber a vacina Covid-19, ela era voluntária.

“Não me interpretem mal, há uma crise neste país”, disse Duterte. “Estou apenas irritado com o fato de os filipinos não atenderem ao governo.”

Até 20 de junho, as autoridades filipinas haviam vacinado 2,1 milhões de pessoas, avançando lentamente em direção à meta do governo de imunizar até 70 milhões de pessoas este ano em um país com população de 110 milhões.