NÃO SE DISCUTE FUTEBOL, POLÍTICA E RELIGIÃO

Não se discute futebol, futebol e religião.   Tem gente que faz questão de dizer que não discute política, futebol e religião. A decisão é sensata, pois tais temas tendem a criar atritos, já que ninguém muda de idéia quando se trata destes assuntos. Quanto à política e a religião pode acontecer a conversão. Já no futebol é impossível. O torcedor do Atlético jamais vai vestir a camisa do cruzeiro. Não quero discutir religião, mas os nomes de algumas criações mais recentes. Outro dia alguém me disse que viu em uma avenida de cidade grande uma placa: Igreja da Oração Forte. Adiante se deparou com o letreiro: Igreja da Oração Mais Forte. Mais a frente ele viu escrito: Igreja da Oração Mais Forte Ainda. Está na cara que a segunda é dissidência da primeira e a terceira uma fatia da segunda. Em outra cidade havia a Igreja de Deus. A briga entre os irmãos resultou na fundação da Igreja Independente de Deus. O meu sogro alugou o ponto comercial de frente de sua casa para uma igreja. Em visita aos avôs de meus filhos eu percebi que o pregador estava entusiasmado. Dizia o Pastor: Irmãos! Vamos colocar fogo no rabo do molambo do diabo. Pensei: Também não precisa humilhar. Com todo o respeito, tem algumas práticas de lideres que não gosto. Exemplo: Irmãos! Vire para o irmão do lado e diz: Eu te amo. Neste dia a minha sogra estava do lado. Foi hipocrisia pura. Outro dia o dirigente profetizou: Diga ao irmão da esquerda que Deus vai lhe dar um emprego melhor. Na dúvida vou ficar com este mesmo, até por que eu estou pensando mesmo é em me aposentar e não em trabalhar. O rapaz converteu na igreja do meu cunhado Reverendo André e estava pregando em todos os pontos de culto. O problema que ele ainda não tinha perdido todas as gírias ditas no mundo profano. Ele pediu ao meu cunhado para pregar no púlpito da igreja. Para tentar convencer o Reverendo ele argumentou: O Senhor precisa ver. Quando eu subo no púlpito eu viro o capeta pra pregar. É a força do habito.

Texto: Creumir Guerra
Creumir Guerra é Promotor de Justiça no Estado do Espírito Santo

Veja mais sobre Creumir Guerra

Leia mais

Leia também