“Não há nenhum médico aqui”, diz morador de zona afetada por terremoto e furacão no Haiti

Compartilhe

RFIO serviço de Proteção Civil do Haiti atualizou o balanço do terremoto na quarta-feira (18) à noite: 2.189 mortos, 332 desaparecidos e mais de 12.000 feridos. “As operações de resgate continuam”, afirmou o organismo pelo Twitter.

O caos impera na região sudoeste do país e os desabrigados também precisam enfrentar as chuvas provocadas pela passagem do furacão Grace.

Maniche fica a apenas 20km do litoral, onde fica a capital da província de Les Cayes, no sul do Haiti, mas o trajeto a carro leva uma hora para ser feito, por causa das estradas ruins. Situado em um vale entre montanhas, poucos edifícios resistiram ao terremoto de domingo.

“Estamos desanimados porque ainda nem havíamos nos recuperado de Matthew”, lamenta Rose Hurguelle Point du Jour, de 35 anos, referindo-se ao furacão de 2016, que provocou a morte de até mil pessoas. “Todas os prédios que tínhamos no município estão no chão. Não temos mais a igreja, o salão paroquial, o dispensário está totalmente destruído”, acrescenta.

Rose publicou fotos dos estragos ao seu redor nas redes sociais já no sábado para alertar as pessoas sobre a situação. Passado o interesse inicial, a mulher de 35 anos espera que sua cidade e os habitantes das montanhas vizinhas não sejam esquecidos.

“Todas as casas foram destruídas e nas pequenas comunidades é ainda pior”, diz outro morador. “Ainda não podemos saber quantas pessoas morreram ali porque não temos mais rede telefônica. Nós, no centro de Maniche, ainda estamos mais ou menos bem, mas há áreas que estão separadas de nós por causa dos rios que transbordam. Tenho certeza de que tem gente que precisa de ajuda médica. Na verdade, também não há nenhum médico aqui no centro da cidade. Vemos pessoas indo e vindo, mas nada funcionou para nós ainda”.

Leia também

Espírito Santo registrou 260 casos de estupro contra crianças nos primeiros 5 meses de 2022

De janeiro a maio deste ano, o Espírito Santo registrou 260 casos de estupro contra crianças de 0...

Julho terá bandeira verde para todos os consumidores do Sistema Interligado Nacional

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou na sexta-feira (24/06) a aplicação da bandeira verde para as...

Por que estamos cada vez mais deprimidos?

Ultimamente, há uma doença que está ganhando terreno e não parece disposta a nos dar trégua: a depressão....

INDICADORES: Preço do boi gordo tem alta nesta segunda-feira (27)

A cotação da arroba do boi gordo começou a segunda-feira (27) com alta de 0,36% e o produto...

PRÉ-NATAL ODONTOLÓGICO: Serviço oferecido pelo SUS previne problemas como parto prematuro e baixo peso ao nascer

O atendimento odontológico é uma das etapas de rotina das consultas de pré-natal oferecidas na Atenção Primária (APS)...

Câmara vai apreciar Projeto que normatiza plantão de farmácias em Barra de São Francisco

Um projeto para criar um plantão para funcionamento das farmácias e drogarias no município de Barra de São...

PARANÁ: Mesmo com queda em 20 anos, taxa de mortalidade infantil no estado se aproxima da média nacional

Apesar de registrar queda em 20 anos, a taxa de mortalidade infantil no Paraná se aproxima da média...