Namorada de jovem que matou pai a facadas no Espírito Santo também é presa e confessa participação no crime

Compartilhe

 

 

Ciclista Doramir Monteiro Silva, de 56 anos, estava desaparecido desde o final de junho

Ciclista Doramir Monteiro Silva, de 56 anos, estava desaparecido desde o final de junho

A Polícia Civil do Espírito Santo prendeu na tarde desta terça-feira (5), em Cachoeiro de Itapemirim, Sul do Espírito Santo, uma jovem de 20 anos, suspeita de matar o sogro, o ciclista Duramir Monteiro Silva de 56 anos, juntamente com o filho dele e namorado dela. A informação é de Fabiana Oliveira, do g1 ES.

O corpo de Doramir foi encontrado na noite desta segunda-feira (4), na localidade de Estrela do Norte, em Castelo, no Sul do Espírito Santo. Ele é muito conhecido na região de Cachoeiro de Itapemirim por conta da atividade esportiva e estava desaparecido desde o final de junho.

O filho da vítima, de 24 anos, foi preso nesta segunda e, de acordo com a polícia, confessou o crime. O filho disse aos policiais que a morte foi motivada por ciúmes, pois o preso argumentou que o pai assediava a namorada dele.

Responsável pela investigação do caso, o delegado Felipe Rivas disse que o crime choca ainda mais pela frieza.

A mulher foi encontrada em um hotel no bairro BNH, confessou o crime e disse que foi a primeira a esfaquear o sogro após ser assediada por ele.

“De acordo com o depoimento da nora da vítima, no dia 28 de junho, data do crime, ela estava cortando alimentos para preparar uma comida, quando a vítima chegou e a assediou por trás, momento em que a nora desferiu um golpe na vítima. Em seguida, o filho do ciclista chegou e esfaqueou o pai diversas vezes, impossibilitando a defesa da vítima”, informou a Polícia Civil.

A suspeita tinha um mandado de prisão temporário em aberto. De acordo com o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim, delegado Felipe Vivas, durante as investigações a polícia descobriu que a mulher havia mentido sobre a gravidez e tentou influenciar o depoimento da sogra.

Após o cumprimento do mandado de prisão, a suspeita foi levada para a 7ª Delegacia Regional de Cachoeiro e depois encaminhar ao Centro Prisional Feminino de Cachoeiro de Itapemirim.

De acordo com a Polícia Civil, ela vai responder por homicídio doloso qualificado por meio cruel, com recurso que dificultou a defesa da vítima, e por destruir e ocultar o cadáver.

Leia também

Ruas, prédios e comércios da cidade ganham as cores Pomitafro

      O município já está vestido com as cores da Pomitafro. Isso...

Espírito Santo tem 11 mil vagas abertas para cursos de qualificação gratuitos: veja como se inscrever

    Programa Qualificar ES está oferecendo 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos — Foto: Divulgação/Governo do ES O Programa...

Jovem perde controle de veículo e bate em parede de padaria em bairro de Nova Venécia

Uma padaria foi invadida por um veículo descontrolado na noite do último sábado, 06, no bairro Altoé, em...

Recursos da Defesa Civil Nacional são utilizados em obras de recuperação em Petrópolis

A cidade de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, afetada por fortes chuvas e deslizamentos nos...

Iniciada a drenagem das obras de urbanização e pista de caminhada no Condomínio dos Anjos

A drenagem da implantação de uma pista de caminhada de mais de 900 m², em frente ao Condomínio...

ES: guarda municipal é preso após furtar picanha, chocolate suíço e sorvete em supermercado

    Guarda municipal furtou carne, chocolates e sorvetes em supermercado no ES Um guarda municipal de 33 anos, que trabalha...

INDICADORES: Preço do café arábica sobe nesta terça-feira (9)

A saca de 60 quilos do café arábica iniciou a terça-feira (9) com alta de 1,25% no preço...

Dia Internacional do Biodiesel: novo regime fiscal para biocombustíveis promete ajudar na redução de gases poluentes e movimentar a economia

A produção de biodiesel no Brasil caiu 12,1% no primeiro semestre de 2022, em comparação com o mesmo...