Na rota do sucesso: empresa capixaba de mobilidade autônoma Lume Robotics recebe investimento de fundo

A Lume Robotics, empresa capixaba pioneira no Brasil em dotar de autonomia veículos de portes variados, dispensando a necessidade de um motorista, é a nova investida pelo Fundo Seed4science no Espírito Santo. O anúncio foi feito pela Fundepar, gestora do Fundo de Investimento em Participações (FIP), que tem o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) como um de seus acionistas.

A empresa tem foco em automação, por meio de Inteligência Artificial (IA), em alguns casos, sem a supervisão do ser humano.

Esse tipo de investimento, por meio dos FIPs, é uma modalidade de apoio distinta do crédito tradicional. Os investimentos via FIPs têm uma empresa gestora que identifica o potencial de crescimento de um negócio e adquire um percentual de suas ações. Ou seja, o Fundo prospecta empresas e entra como sócio acionista por um período determinado. O Fundo, como acionista, traz experiência e boas práticas que apoiam a gestão e a governança da empresa que, com o tempo, ganha expertise e resultados.

O diretor de Negócios do Bandes, Marcos Kneip Navarro, destaca que o banco capixaba é um dos principais incentivadores do ecossistema de inovação capixaba, atuando em duas frentes: com o crédito tradicional e por meio dos Fundos de Investimentos em Participações (FIPs).

“Nessa forma de atuação, por meio destes FIPs, a proposta é identificar, por meio de processos de seleção conduzidos por gestores especializados e com expertise nas áreas, empresas com alto potencial inovador e promover aporte financeiro e auxílio na gestão, em troca de participação no capital social da empresa por um tempo determinado. No Estado, os empresários do setor podem contar com recursos e soluções financeiras disponíveis no Bandes. O banco apoia projetos de maior valor agregado para cumprir seu papel de agente de desenvolvimento e ampliar a competitividade das empresas no âmbito regional e nacional”, destaca.

Sistemas Inteligentes

O empreendimento da Lume Robotics nasceu como um desdobramento do projeto Intelligent Autonomous Robotic Automobile (IARA), desenvolvido há mais de dez anos dentro da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e ficou conhecido nacionalmente por realizar uma viagem, com carro autônomo, de Vitória a Guarapari, percurso feito com tráfego normal.

A tecnologia desenvolvida pela empresa utiliza seus próprios mapas e rotas, por meio de informações dinâmicas dos sensores. Assim, os veículos da Lume Robotics identificam instantaneamente esses mapas e trafega de forma autônoma para chegar ao destino, evitando obstáculos estáticos e dinâmicos e lidando com sinalização horizontal e vertical, semáforos, faixas de pedestres e lombadas.

A expectativa com a entrada do Seed4science no negócio é a ampliação do empreendimento e a participação maior no mercado em expansão. A tecnologia trabalhada pela empresa pode ser aplicada no transporte de pessoas e cargas e pode ser incorporada em vários tipos de veículos, com redução risco de acidentes e de custos operacionais com manutenção, mão de obra e depreciação dos veículos.

Informações sobre linhas de financiamento:
www.bandes.com.br
faleconosco@bandes.com.br