Museu Capixaba do Negro tem programação on-line para comemorar 28 anos de fundação

O Museu Capixaba do Negro (Mucane), em Vitória, faz aniversário nesta quinta-feira (13), mas a comemoração já começou. Uma programação on-line com shows, interpretações teatrais e documentários vai homenagear o espaço de valorização da cultura negra.

As apresentações acontecem nas redes sociais da Prefeitura de Vitória.

No dia 13 de maio, além de aniversário do museu, são comemorados a data de assinatura da Lei Áurea e o Dia da Denúncia contra o Racismo. Por isso, o evento ganhou o nome de Semana da Denúncia contra o Racismo.

Para a coordenadora do Mucane, Thaís Souto Amorim, a data demarca a resistência da população negra, mas também é uma celebração pela existência do Mucane, uma forma de perpetuar saberes e construir um futuro em que a população negra tenha mais acesso a direitos e esteja menos exposta a injustiças.

O Museu Capixaba do Negro foi criado no dia 13 de maio de 1993 por meio de um decreto do então governador Albuíno Azeredo, um dos primeiros governadores negros do Brasil.

  • Terça (11) – 20 h – “Casa AmarEla do Bonfim – Sarau das poetas pretas periféricas” (Priscilla Gomes e Meiriele Lemos)
  • Quarta (12) – 20h – “(DES) construção” (Léia Rodrigues)
  • Quinta (13) – 21h – “Tunico da Vila e do Terreiro” (Tunico da Vila)
  • Sexta (14) – 20 h – “Estandarte negro – do Maciço Central ao Armazém” (Rômullo Corrêa)
    Museu Capixaba do Negro (Mucane) — Foto: André Sobral/Prefeitura de Vitória

    Museu Capixaba do Negro (Mucane) — Foto: André Sobral/Prefeitura de Vitória


Leia mais

Leia também