Municípios que não cumprirem prazo da Lei Aldir Blanc devem reverter os recursos ao Estado

Municípios que não cumprirem com o prazo de 60 dias estabelecido na Lei Aldir Blanc, devem reverter os recursos que receberam da União ao seu respectivo estado. As orientações sobre a determinação foram publicadas no dia 6 de novembro , pelo Comunicado 6/2020 da Secretaria Especial da Cultura. 

No documento constam os dados bancários de cada um dos estados para que esses municípios realizem a transferência. 

A regulamentação do benefício emergencial estabelece que os recursos repassados aos municípios devem ser destinados ou programados em, no máximo, 60 dias, contados a partir da data do recebimento da transferência da União. 

Municípios devem conferir se há pendências no plano de ação da Lei Aldir Blanc

Ministério do Turismo libera R$ 2 bilhões para apoiar a cultura de estados e municípios

A fim de saber de que dia o prazo começa a ser contabilizado, o município deve verificar a data que os recursos foram recebidos por meio da Plataforma +Brasil. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alertou aos entes locais que acompanhem a sua situação, a fim de não perderem os recursos.

Teatro Nacional. Foto: Agência Brasil

Leia mais

Família do ES morre em acidente quando voltava de velório em MG

Carro de família do ES foi encontrado dentro...

Hospital Universitário de Brasília dobra capacidade de hemodiálise

Expectativa é de quem em agosto o HUB atenda até 132 pacientes – Foto: ...

Equipe do SESI Goiás é premiada em torneio nacional de robótica focado no combate à Covid-19

Alunos da Escola SESI Planalto, em Goiânia, foram premiados no Torneio SESI de Robótica – Desafio Covid-19. O torneio nacional contou com quase dois...

Espírito Santo anuncia nova fase de Matriz de Risco de Convivência

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta quarta-feira (26), a 5ª Fase da Matriz de Risco de Convivência, que passa a considerar o coeficiente de...

Leia também