Municípios que integram o CIM NORTE/ES decidem manter atendimentos da Rede Cuidar por telefone

Foto: Fred Loureiro/Secom-ES

Representantes dos 14 municípios que integram o Consórcio CIM NORTE/ES se reuniram nesta segunda-feira (13), através de teleconferência, para rediscutir sobre as atividades na Unidade Cuidar Norte, instalada em Nova Venécia.

Durante a reunião ficou decidido, por unanimidade, que os atendimentos permanecerão somente via telefone. A decisão foi tomada por todos os gestores devido à situação da pandemia do coronavírus (Covid-19) como medida urgente de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, necessárias para prevenção.

Os usuários atendidos na Unidade Cuidar Norte são na grande maioria pessoas do grupo de risco (portadores de doenças crônicas e com idade acima de 60 anos) e a suspensão dos atendimentos presenciais evitam a propagação nesse meio uma vez que não há mais a utilização do transporte sanitário coletivo, permanência dos usuários aglomerados no local, além de contato direto com profissionais da saúde.

“A decisão de todos os prefeitos e gestores desses municípios busca, única e exclusivamente, a proteção da coletividade e a garantia do pleno respeito a integridade e dignidade das pessoas, famílias e comunidades. Os pacientes são pessoas do grupo de risco e precisam de todo o cuidado, permanecendo em isolamento neste momento”, afirma o presidente do Consórcio e prefeito de Nova Venécia, Mário Sérgio Lubiana.

O grupo afirmou ainda que a Unidade Cuidar Norte não vai fechar e os atendimentos voltarão à inteira normalidade assim que a pandemia acabar e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e o Ministério da Saúde se manifestarem em favor do retorno das atividades.

RECONTRATAÇÃO

Durante a reunião também ficou definido que, assim que a situação voltar à normalidade, caso haja legalidade, serão adotadas medidas para recontratar os profissionais que foram desligados.

O Consórcio CIM NORTE/ES vai continuar prestando assistência aos usuários e apoio às equipes de saúde dos municípios. Os atendimentos continuam através de contato telefônico, preferencialmente aos usuários de alto e muito alto risco, por enfermeiros para os encaminhamentos necessários junto às unidades de saúde e médicos que serão contratados através de clínicas credenciadas para atender via telemedicina.

RENOVAÇÃO DE CONTRATO

Os gestores também aprovaram reiterar o pedido de renovação do contrato junto ao Governo do Estado até 31 de janeiro de 2021, já que o atual contrato de programa que destina recurso para manter a Unidade Cuidar vence em 31 de julho de 2020.

 

OUTRAS UNIDADES COM ATENDIMENTOS SUSPENSOS NO ESTADO

Outras unidades da Rede Cuidar também estão com as atividades suspensas no Espírito Santo, que são as que estão localizadas nos municípios de Linhares, Santa Teresa e Guaçuí. Além disso, outros centros de especialidades, como o Núcleo Regional de Especialidades (CRE) de São Mateus, também se encontram na mesma situação.

Todas as medidas respeitam as normas de segurança do plano de contingência nacional e estadual para infecção humana pelo novo coronavírus. O Consórcio CIM NORTE/ES está acatando as orientações passadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e pelo Ministério da Saúde.

Leia mais

Leia também