Municípios do Rio se unem para formar rede de cidades antirracistas

Compartilhe

Convênio inédito foi assinado hoje (20) pela prefeitura do Rio de Janeiro e 23 municípios para criação da Rede de Cidades Antirracistas. O Pacto de Combate ao Racismo e Promoção da Igualdade Racial foi elaborado pela Secretaria de Governo e Integridade Pública, por meio da Coordenadoria Executiva de Promoção da Igualdade Racial (Cepir).

Além do Rio, participam da rede os municípios fluminenses de Niterói, Campos dos Goytacazes, Quissamã, Magé, Volta Redonda, Nova Iguaçu, Queimados, Arraial do Cabo, São Gonçalo, Petrópolis, Nilópolis, Japeri, Barra do Piraí, Três Rios, Quatis, Itaguaí, Barra Mansa, São João da Barra, Macaé, Paraty, Cabo Frio, Paty do Alferes e, ainda, Salvador (BA), aos quais caberá a execução do convênio em seus territórios.

A promoção de atividades de apoio à cultura, lazer, educação, ciência, esporte, patrimônio cultural e ambiental, além de ações na área da saúde e segurança pública nos municípios signatários estão entre as ações previstas. O objetivo é atuar como instrumentos de governança territorial, visando potencializar o desenvolvimento regional a partir da política de igualdade racial.

Desenvolvimento integrado

O secretário de Governo e Integridade Pública, Tony Chalita, afirmou que o pacto e a rede têm origem na necessidade de consolidar a política de igualdade racial nos municípios a partir de um desenvolvimento territorial integrado. “A iniciativa é pautada na compreensão de que o Rio de Janeiro tem influência para além do seu limite político-administrativo e, por isso, é importante tomar a liderança na promoção da igualdade racial.”

O idealizador das ações e coordenador executivo de Promoção da Igualdade Racial, Jorge Freire, destacou que “é preciso haver uma articulação intermunicipal efetiva, com foco nas periferias e na população negra, considerando fomento direto, apoio para a constituição de órgãos executivos e consultivos de desenvolvimento de políticas públicas de promoção da igualdade racial e cooperação técnica para projetos e ações”.

A iniciativa está alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), em parceria com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O movimento foi organizado em quatro diretrizes: governança integrada e desenvolvimento territorial; educação, pesquisa, desenvolvimento e Inovação; combate às desigualdades étnico-raciais e ao preconceito; e patrimônio cultural e direito à cidade.

Segundo Jorge Freire, o diálogo interinstitucional de forma integrada e multiescalar sobre estratégias de combate ao racismo é “base das ações de valorização das tradições e da cultura afro-indígena e da execução de políticas públicas em cooperação, sem custos adicionais à administração pública municipal”.

Municípios do Rio se unem para formar rede de cidades antirracistas

Leia também

Morre Paulo Diniz, figura da MPB por trás de ‘Pingos de Amor’, aos 82 anos

JOÃO GABRIEL TELLES SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Paulo Diniz, músico da MPB conhecido por sua famosa composição...

Calçamento de rua no distrito de Monte Sinai é concluído pela prefeitura francisquense

Um calçamento antigo na Rua José Thiago, no distrito de Vila Monte Sinai (Vermelha), que havia sido feito...

Em evento da CNA, especialistas destacam estratégias para garantir segurança alimentar

Em todo o mundo, uma em cada três pessoas não teve acesso à alimentação adequada em 2020. No...

São Paulo supera Palmeiras na ida das oitavas da Copa do Brasil

Graças a um gol de Patrick, o São Paulo derrotou o Palmeiras por 1 a 0, na noite...

CEARÁ: Mesmo com queda em 20 anos, taxa de mortalidade infantil no estado ultrapassa média nacional Brasil

Apesar de ter diminuído em 20 anos, a taxa de mortalidade infantil no Ceará ainda é maior do...

Zambelli minimiza prisão de ex-ministro e lembra que juiz já obrigou Bolsonaro a usar máscara

CAROLINA LINHARES  SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Aliada de Jair Bolsonaro (PL), a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP)...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem queda nesta quarta-feira (22)

A cotação da arroba do boi gordo começou a quarta-feira (21) com queda de 0,68% e o produto...

Ministro da Economia diz que entrada do Brasil na OCDE é prioridade

Durante a abertura do evento “Semana Brasil-OCDE”, que está sendo realizado em Brasília até esta sexta-feira (24), o...