Municípios da região têm êxito na realização da I Conferência Intermunicipal

Compartilhe

 

Na última quinta-feira (09), por meio da plataforma virtual
com transmissão pelo canal no YouTube ‘Educação – Nova Venécia Conectada’, sete
municípios, convocados por Nova Venécia, realizaram, a 1ª Conferência
Intermunicipal de Educação Norte/Noroeste Capixaba 2021.

Além de Nova Venécia, participaram Linhares, São Mateus,
Jaguaré, São Gabriel da Palha, Rio Bananal, Vila Valério e Pinheiros, com representatividades
como estudantes, pais, profissionais da educação, gestores, agentes públicos e
sociedade civil organizada.

Como representante de todos os municípios, a secretária de Educação
de Nova Venécia, Wanessa Zavarese Sechim, iniciou a Conferência agradecendo o
empenho da comissão organizadora, da qual fazem parte técnicos pedagógicos de
todas as cidades envolvidas. “Fazer a Conferência de forma virtual foi muito
desafiador, afinal é necessário garantir o debate, promover a participação de
todos os segmentos, e as equipes de todas as secretarias municipais trabalharam
incontáveis horas para que este momento se concretizasse”. A secretária
agradeceu, também, ao diretor geral do Instituto Federal do Espírito Santos
campus Nova Venécia, Anderson Rozeno Bozzetti Batista, pela parceria
tecnológica para transmitir a Conferência.

Todos os prefeitos presentes e seus representantes, na
transmissão, fizeram questão de reforçar a importância da Conferência no
processo democrático e para o desenvolvimento da educação. “Não pode haver
caminho melhor para discutir educação do que num espaço em que toda sociedade
tem sua voz representada” frisou a vice-prefeita de Vila Valério, Sonia Mielke.

A palestrante, Ariadna Pereira Siqueira Effgen, que abriu os
estudos da Conferência com o tema da Conae 2022 “Inclusão, Equidade e
Qualidade: Compromisso com o Futuro da Educação Brasileira”, é professora do
Instituto Federal do Espírito Santo campus Nova Venécia. Ela trouxe uma
profunda reflexão fazendo um recorte no tema sobre a palavra compromisso,
levando para os participantes, questões como a responsabilidade real de cada
um, fazendo uma metáfora da educação como um grande bolo. “Qual o tamanho da
minha fatia nesse bolo? E do prefeito? E da secretária? E dos professores? E
das famílias? Essa é uma responsabilidade de todos, é um bolo do qual todos nós
precisamos cuidar” analisou a professora. Dentre tantos pontos marcantes de sua
apresentação, a especialista ainda acrescentou “Se estamos falando de uma
educação para o futuro, precisamos pensar nessa educação agora. Pensar numa
educação que permita que crianças e adolescentes sejam imaginativos,
produtores, atores, protagonistas do seu próprio processo educativo. Uma
educação que não as cerceie, mas que a escola seja um espaço de manisfetação da
liberdade e da democracia, uma escola que lhes permita ser coletivos e não
individuais” completou Ariadna.

Após o debate do tema principal, os conferencistas fizeram a
leitura e a aprovação do Regimento Interno da Conferência, que foi aprovado por
458 participantes.

“A conferência intermunicipal é o evento preparatório para a
CONAE 2022. Trata-se de um espaço democrático aberto pelo Poder Público para
que todos possam participar do desenvolvimento da Educação brasileira,
organizada para tematizar a educação escolar, da Educação Infantil à Pós
Graduação, e realizada, em diferentes territórios e espaços institucionais, nos
municípios, Distrito Federal, estados e país”, disse o coordenador geral da Conferência,
o técnico pedagógico da Seme de Nova Venécia, Udison Brito Oliveira.

À tarde, tiveram início as plenárias, que foram distribuídas
em três eixos, anteriormente escolhidos pelos inscritos, conforme atuação e
interesse pelos temas. Durante as plenárias, um moderador, um relator,
responsáveis pela tecnologia das salas virtuais acompanhavam todos os trabalhos
para facilitar a interação entre os conferencistas e os seis intérpretes de
libras Edileuza Eduardo, Emiliane Magri da Silva, Marcos Breda, Maria do Amparo
Nascimento dos Santos, Rozinete Pinheiro Marinho e Ruti Costa Siqueira Terra,
para garantir a acessibilidade.

PNE 2024 – 2034:
avaliação das diretrizes e metas foi tratado no Eixo I

O palestrante, Wilson Alves Pereira, assessor parlamentar
para assuntos educacionais, trouxe para os participantes o desafio de se
elaborar um documento num momento pós pandemia. “Se elaborar algo para educação
num período de 10 anos, como o é caso do Plano Nacional de Educação, nunca foi
um exercício fácil, agora precisamos levar em conta o quanto será desafiador
planejar para uma clientela que passou 2 anos com pouca e ou sem nenhuma
interação com um professor. Como vamos falar de equidade num cenário de extrema
desigualdade? Será mais que um desafio, precisaremos de muita coragem,
compromisso e responsabilidade” salientou o especialista. Mais uma vez em Nova
Venécia, os participantes tiveram a oportunidade de interagir com o palestrante
que promoveu um debate muito produtivo. Para este eixo, foram votadas 4
proposições.

Eixo II

Com o tema “Uma escola para o futuro: Tecnologia e
conectividade a serviço da Educação”, a assessora de Tecnologia da Informação
da Sedu, Carmem Lúcia Prata. trouxe suas considerações para a discussão. “A
maneira como organizamos a sala de aula tem sim impacto na forma como o
estudante interage, colabora, aprende” disse a professora, que fez uma defesa
das metodologias ativas, da qual o aluno participa mais de seus estudos, saindo
daquela aula expositiva e partindo para algo mais interativo, estimulando uma
sala de aula inovadora. “Ao utilizar métodos que incentivem a interação do
aluno com o professor, entre os colegas e por meio de materiais e recursos
pedagógicos, ele desenvolve a autonomia do seu processo de aprender e tem uma
aprendizagem mais significativa e contínua e isso não demanda necessariamente
que todos tenham um computador”. Inclusive a professora deixou muitos sites
como referências e ideias para que o professor otimize seu tempo de
planejamento. “O professor precisa aprender a usar as ferramentas disponíveis a
seu favor” finalizou Carmem Prata.

O “Sistema Nacional de Educação (SNE): avaliação da
legislação inerente, proposta do modelo” foi o tema discutido pelo próprio
deputado relator do Projeto, Idilvan Alencar, que em sua explanação comparou o
SNE ao SUS. Para ele, “Colaborar com a educação não pode ser uma opção dos
governos em qualquer que seja a esfera como é feito hoje, pois a criança, que
deveria ser o foco de qualquer planejamento, fica a mercê de decisões políticas
de interesses partidários. É inadmissível imaginar que alguma criança de algum
lugar do país deixe de receber recursos financeiros, porque agentes políticos
não se entendem”, colocou em discussão o relator, também especialista e
ex-secretário de educação do Ceará. O deputado também tranquilizou os
dirigentes municipais quanto à autonomia dos sistemas municipais de educação,
que, segundo ele, não é retirada. Nenhuma proposição foi acrescentada ou
retirada neste eixo e o documento referência foi aprovado na íntegra.

Os participantes iniciaram os estudos da tarde todos juntos
numa sala virtual e se deslocaram para as salas dos seus eixos. Ao final de
cada eixo estudado, era feita a análise do documento referência e votadas as
possíveis sugestões de acréscimo ou retirada de algum trecho/termo do texto;
este momento é denominado Plenária de Eixo. Com as definições dadas pelas
Plenárias de Eixo, os conferencistas retornavam para sala inicial para realizar
as Plenárias Finais, momento em que todas as propostas feitas nas Plenárias de
Eixo são expostas para todos os presentes e votadas novamente. A transmissão
ficou por conta do município de Linhares, no qual a secretária de educação,
Maria Olímpia Dalvi Rampinelli, é também a presidente da União de Dirigentes
Municipais de Educação do Espírito Santo (Unidme-ES).

Ao final da votação dos textos dos documentos referências de
cada Eixo, a Plenária Final elege os delegados municipais, que irão participar
da Conferência Estadual. Como se tratava de 8 municípios, foram eleitos ao todo
50 delegados.

Todas as participações e os votos dos presentes estão
devidamente computados em formulários do Google Forms, criados pela Comissão
Organizadora para assegurar a legitimidade da Conferência, nos quais constam
472 assinaturas de participação na Plenária Final, um indicativo de sucesso
absoluto do trabalho de excelência prestado pela Comissão Organizadora da I
Conferência Intermunicipal de Educação Norte/Noroeste Capixaba 2021. Até o
fechamento desta matéria, a trasmissão de abertura no Canal Nova Venécia
Contectada do YouTube contava com mais de 2584 visualizações.

Leia também

Bula digital contará com ilustrações e conversão do texto em áudio ou vídeo

A partir de agora, os laboratórios farmacêuticos poderão inserir QR Code nas embalagens de medicamentos para a bula...

Novo piso dos agentes comunitários de saúde deve gerar impacto em torno de R$ 3,7 bilhões

  A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 9/2022, que estabelece um novo piso salarial para agentes comunitários de...

PARÁ: Governo Federal repassa quase R$ 1,1 mi para continuidade de obras

As cidades de Ananindeua e Monte Alegre (PA) vão receber, juntas, quase R$ 1,1 milhão do Governo Federal, por...

Brasil: mulher descobre traição e cola cartaz no carro do companheiro: “Crie vergonha”

Um cartaz escrito à mão e colado na lateral de um carro chamou a atenção de quem passou...

Coluna – Grandes equipes tiveram vida útil curta no Brasil

Desde o Carnaval o assunto mais recorrente nas redes sociais e nos grupos de torcedores do Flamengo é...

Segurança hídrica: ABC paulista tem a maior planta de reúso de água da América Latina

O Aquapolo é a maior estação de reúso de água da América do Sul e uma das maiores...

Imagens mostram capivaras se alimentando e amamentando filhotes perto de rio em Colatina

Um vídeo flagrou o momento que algumas capivaras se alimentavam e amamentavam seus filhotes na beira do Rio...

Acidente envolvendo um caminhão e uma moto em frente ao Alves Material de Construção

Um acidente foi registra na noite desta terça-feira (17), em frente ao Alves Material de Construção, no Bairro...