Mulher tem olho colado após confundir cola com colírio no ES

Uma mulher de 55 anos teve um dos olhos colado após confundir cola com colírio em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, na noite da última terça-feira (21).

A mulher, que preferiu não se identificar, se recupera em casa. Ela tem glaucoma e está fazendo um tratamento com oftalmologista.

Tanto o colírio que ela usa no tratamento quanto a cola estavam guardados na geladeira. Ela e o namorado estavam sem óculos na hora da aplicação do colírio e ele acabou pingando a cola no olho dela.

A mulher foi ao oftalmologista, que anestesiou o local, cortou os cílios e fez a limpeza.

O oftalmologista Lindolfo Gandra Costa explicou que acidentes podem acontecer atingindo os cílios, quando algum produto respinga ou atinge o olho.

“Há casos mais graves, quando o acidente acontece com água de bateria ou soda cáustica, por exemplo. As pessoas devem inicialmente lavar com soro ou muita água corrente para retirar o excesso. Depois ir imediatamente ao pronto-socorro”, disse o médico.