Mulher que foi presa por atropelar e matar o marido em Linhares é solta com liberdade provisória

Juiz ponderou que a acusada tem dois filhos menores de idade e um ainda precisa ser amamentado. Mesmo sem estar no presídio, ela está proibida de sair da cidade e que terá que fazer recolhimento domiciliar no período noturno.

Por Eduardo Dias, G1 ES e TV Gazeta

Bombeiros tentaram resgatar homem que foi atropelado nesta sexta (27), mas ele não resistiu e morreu no local. — Foto: Álvaro Queiroz/TV Gazeta

Bombeiros tentaram resgatar homem que foi atropelado nesta sexta (27), mas ele não resistiu e morreu no local. — Foto: Álvaro Queiroz/TV Gazeta

A mulher presa em flagrante após atropelar e matar o marido em Linhares, no Norte do Estado, foi colocada em liberdade após uma decisão da Justiça. O crime aconteceu na noite desta sexta-feira (27), quando Vanessa da Silva Ribeiro Buffon, de 26 anos, atropelou o marido Rodrigo Bernabé Buffon, de 26 anos. De acordo com informações de testemunhas, o caso aconteceu logo depois de uma discussão do casal.

Na decisão concedendo a liberdade provisória para Vanessa, o juiz André Bijos Dadalto destacou que acusada tem dois filhos menores de idade e um ainda precisa ser amamentado. O juiz também ponderou que Vanessa tem residência fixa e não existe contra ela nenhum outro registro criminal.

Entre as medidas cautelares apresentadas para a concessão de liberdade provisória, o juiz determinou que Vanessa está proibida de sair da cidade e que terá que fazer recolhimento domiciliar no período noturno.

Nesta sexta-feira (27), à noite, Vanessa atropelou e matou o marido após uma discussão no bairro Movelar, em Linhares. Ela foi conduzida à Delegacia Regional de Linhares, onde foi autuada em flagrante pelo crime de homicídio qualificado por recurso que impossibilite a defesa da vítima, e depois foi encaminhada para o Presídio Feminino em Colatina.

Rodrigo morreu no local. O corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares.

Leia mais

Leia também