Mulher morre atropelada em Pancas

Uma mulher de 38 anos morreu atropelada por um caminhão enquanto andava a cavalo na zona rural de Pancas, no noroeste do Espírito Santo. Até uma criança ficou ferida no acidente.

De acordo com o Tenente Gabrine, da Polícia Militar, a corporação foi acionada por volta das 18h30 de domingo (20) pelo hospital de Pancas.

Os policiais foram até o hospital e colheram informações com o namorado da vítima, que disse que eles estavam em um churrasco e decidiram passear a cavalo na rodovia, que liga Pancas a Colatina.

Um dos amigos deles decidiu encontrá-los mais tarde, dirigindo o caminhão, e acabou atropelando seis cavalos.

De acordo com o tenente, o motorista contou que, antes do acidente, um veículo veio na direção oposta, com farol alto, e ofuscou a visão dele. Depois, ele só teria ouvido o barulho do atropelamento.

Questionado pela polícia, o motorista afirmou ter bebido por volta de 15h, mas decidiu não soprar o bafômetro.

Ele foi preso em flagrante por homicídio culposo e lesão corporal culposa, e foi conduzido ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina.

A polícia não sabe dizer o estado dos cavalos. As outras pessoas feridas, entre elas um menor de idade, já tiveram alta.

Leia mais

Leia também