Mulher de 45 a 59 anos e com ensino médio é maioria entre eleitores em 2022

Compartilhe

 

Mulher com ensino médio e de 45 a 59 anos é o perfil da maior parte dos eleitores aptos a votar nas eleições de 2022, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Com 52,8% dos eleitores, o público feminino também é maioria em quase todos os recortes, por região e escolaridade. Do total de eleitores, os homens correspondem a 47,1%.

Neste ano, 152,1 milhões de pessoas estão aptas a votar, 3,4% a mais em relação às eleições de 2018, quando eram 147,1 milhões de eleitores. O número representa um crescimento de 32,1% se comparado com os dados registrados há 20 anos. Desse total, 136,5 milhões são obrigados a votar. Outros 15,5 milhões têm voto facultativo – adolescentes com 16 e 17 anos e idosos com mais de 70 anos.

O voto também é facultativo para os eleitores não alfabetizados. Para as eleições de 2022, declararam-se analfabetos mais de 5,6 milhões de pessoas, o correspondente a 3,7% dos eleitores. Um milhão de pessoas a menos do que o registrado nas eleições de 2018, quando 6,5 milhões disseram à Justiça Eleitoral que não sabiam ler nem escrever. Segundo o TSE, há ainda 183 mil eleitores com erro no cadastro.

Quando se trata do nível de instrução, as mulheres são a maioria entre os eleitores de nível superior completo: 60,8%, contra 39,1%. Entre os que têm nível superior incompleto, elas são 55,2% do total, enquanto os homens representam 44,7%.
As mulheres também são maioria entre os eleitores com ensino médio completo: 56,1% a 43,8%. Os homens são a maior parte entre os eleitores com nível fundamental incompleto (50,6% a 49,2%) e pessoas sem escolaridade informada, mas que sabem ler e escrever (50,5% a 49,1%).

A cientista Maria do Socorro Sousa Braga, professora da UFScar (Universidade Federal de São Carlos) e especialista em instituições e comportamento político, diz que gênero, faixa etária e renda são variáveis que podem explicar o comportamento do eleitor no momento de ir às urnas.

“No caso das mulheres, é um eleitorado que vai ter grande impacto nas eleições. É um eleitorado que cresce e que está se organizando na busca de representação política. Quanto mais concentrada essa preferência, maior a tendência de esse grupo definir as eleições. Por isso, tem se tornado um grupo que desperta interesse de partidos e de políticos.”

No entanto, para Braga, a análise isolada dos dados não expõe o cenário real do eleitorado, por isso, a necessidade de cruzar variáveis. “Existe uma diversidade regional grande e um recorte econômico importante, mesmo quando se divide o eleitorado por gênero. Mas é possível dizer que as mulheres são um grupo que, no geral, têm interesses diferentes dos homens. Elas tendem, por exemplo, a se colocar contra políticos que já foram violentos em suas narrativas e são mais sensíveis aos programas de governo que atendem a questões sociais”, explica.

Eleições nos estados

São Paulo, o estado com a maior população do país, continua a ser o maior colégio eleitoral, com 33,1 milhões de eleitores, seguido de Minas Gerais (15,8 milhões) e Rio de Janeiro (12,8 milhões). O estado de Roraima permanece com o menor número de eleitores, com 366.355 de pessoas aptas a votar, mas teve um aumento de 9,7% no número de votantes válidos.

No Distrito Federal, 2,2 milhões eleitores devem ir às urnas – 54% são mulheres e 45,9%, homens. A participação dos jovens também aumentou na capital federal. No comparativo com 2018, o DF apresentou crescimento de mais de 158% no número de eleitores com menos de 18 anos. Já para os maiores de 70 anos houve aumento de 32%.

No exterior, 679.188 brasileiros estão com o título regularizado, 281.311 homens e 397.877 mulheres. Os países com maior concentração de brasileiros votantes são Estados Unidos, Japão e Portugal. Assim como no Brasil, a faixa etária de 35 a 59 anos também tem a maioria dos eleitores. Em relação à escolaridade, a maior parte dos eleitores fora do país tem ensino superior completo e 837 pessoas são analfabetas.

 

Leia também

Polícia apreende simulacro e detém três pessoas em Nova Venécia; um deles usava tornozeleira

Na noite desta terça-feira (16), policiais militares do 2º Batalhão apreenderam um simulacro de arma de fogo, no...

Farmácia da Gente recebe clientes com linda festa para comemorar 1º ano em Barra de São Francisco

A Farmácia da Gente completou nesta terça-feira, 16 de agosto, 1 ano em Barra de São Francisco. A equipe...

Homem é assassinado a tiros no meio da rua em Guriri

Um homem de 28 anos, identificado como Jadson Ferreira Viana, foi assassinado a tiros na noite desta segunda-feira (15),...

Trabalhador deve conhecer cada desconto de benefício que incide sobre o salário

A legislação brasileira estabelece uma série de normas protetivas que regulam os descontos salariais.   As relações de trabalho são...

Após conclusão da pavimentação asfáltica, rua central de Vila Pavão recebe sinalização com pintura de faixas

      Os turistas e visitantes esperados, neste no fim semana para a 23ª Pomitafro,...

Biomas brasileiros registram queda nos focos de queimada no 1º semestre deste ano

O Brasil registrou uma queda de 3,49% no número de focos de queimadas entre janeiro e julho de...

Policiais civis da Core participam de curso de aperfeiçoamento de técnicas operacionais

Por Adriana Nascimento Amaral A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), participou,...

Espírito Santo tem 7 candidatos ao governo, 9 ao Senado, 192 à Câmara e 506 à Assembleia Legislativa

Terminou, às 19h desta segunda-feira (15), o prazo de registro dos candidatos que vão disputar as eleições de...