MTur faz parceria com a UnB para mapear necessidade de qualificação nas 30 rotas turísticas estratégicas do país

O Ministério do Turismo firmou um acordo de cooperação com a Universidade de Brasília (UnB) para identificar as demandas de capacitação em destinos turísticos estratégicos do País. Serão oferecidos cursos de qualificação para trabalhadores, empreendedores e gestores de turismo de todas as 30 rotas turísticas estratégicas brasileiras.

As 30 rotas turísticas estratégicas fazem parte do programa Investe Turismo – lançado pelo Ministério do Turismo, com apoio do Sebrae e Embratur para acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade e a competitividade de rotas estratégicas brasileiras.

Índice de atividades turísticas tem alta pelo sexto mês consecutivo

Pesquisa em São Paulo busca entender perfil de cidades turísticas do estado

Na primeira fase do diagnóstico, a UnB realizou o levantamento das necessidades de qualificação em oito rotas turísticas distribuídas em 55 municípios nas cinco regiões do país. 

Já a segunda fase abrangerá 22 rotas turísticas que fazem parte de 117 municípios brasileiros. Entre elas estão a região turística do Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães (MT); Rota Pantanal Sul e Bonito (MS); Manaus e Polo Amazônico (AM); Palmas e Jalapão (TO); Boa Vista e Monte Roraima (RR); Macapá (AP); Maceió e Costa dos Corais (AL); Fernando de Noronha (PE); Costa do Descobrimento (BA); Costa do Sol – Região dos Lagos (RJ); e Porto Alegre e Serra Gaúcha (RS).

As inscrições para os novos cursos de capacitação para trabalhadores e gestores do setor de turismo serão divulgadas na página do Ministério do Turismo.

Foto: Gleidson Santos/MTur

Leia mais

Leia também