MS elabora nota técnica para orientar enfermeiros na estratégia do acesso ao diagnóstico das hepatites B e C

O Ministério da Saúde divulgou nesta semana uma nota técnica para orientar a atuação de enfermeiros na estratégia do acesso ao diagnóstico das hepatites B e C. Segundo a pasta, o documento ratifica ações de compromisso com a eliminação das hepatites virais e ressalta a atuação desses profissionais na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde.

Governo prevê entrega de mais de 258 milhões de vacinas contra o coronavírus nos próximos meses

Primeiras doses da vacina AstraZeneca estarão disponíveis em fevereiro

A nota técnica, elaborada em parceria com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), destaca o respaldo legal aos enfermeiros para a execução de testes rápidos e solicitação de exames complementares; o cuidado da enfermagem na atenção às hepatites virais nas unidades de saúde; o apoio na assistência, no ensino e na pesquisa; e a possibilidade de identificação de pessoas com hepatites B e C ou em risco de infecção pelo HBV e HCV.

Segundo a pasta da Saúde, a nota recomenda ainda que enfermeiros encaminhem as pessoas diagnosticadas com hepatite para o tratamento com o médico da Atenção Primária à Saúde (APS) ou Serviço de Assistência Especializada.

Foto: Arquivo/Agência Brasil


Leia mais

Leia também