MP destina mais R$ 2,7 bi para combate à Covid-19

O Governo Federal editou medida provisória que abre crédito extraordinário de quase R$ 2,7 bilhões para a Saúde. Segundo o Ministério da Economia, a demanda por leitos de estados e municípios para o combate ao novo coronavírus ultrapassou as estimativas, o que justificaria a MP. 
 
Além disso, o Executivo aponta para risco de desabastecimento de medicamentos utilizados na intubação orotraqueal de pacientes com a Covid-19 e em estado grave. O recurso vai custear a habilitação de 7.960 leitos de UTI entre abril e junho, por meio de transferências aos fundos de saúde dos estados e municípios. 

Covid-19: para prevenir e tratar gestantes e puérperas, governo vai liberar R$ 247 mi

Covid-19: Bolsonaro afirma que Fiocruz entregará 18 milhões de vacinas até o fim de abril

Preciso fazer teste depois de tomar a vacina contra Covid-19?
 
O crédito extraordinário também vai servir para comprar remédios, incluindo insumos hospitalares normalmente adquiridos pelos entes da federação, como opióides, bloqueadores neuromusculares, sedativos e analgésicos e auxiliar na logística de pacientes, medicamentos e insumos estratégicos. 
 
Este ano, o Governo Federal editou outras duas medidas provisórias que destinaram, ao todo,  quase R$ 8,2 bilhões ao Ministério da Saúde para o enfrentamento à pandemia da Covid-19. 

Agência Brasil

Leia mais

Leia também