Motorista de aplicativo é arrastado por veículo durante assalto em Vitória

Crime aconteceu no domingo (26) no bairro Resistência. Motorista contou que também foi agredido pelo irmão e por amigos do criminoso, que conseguiu fugir.

Um motorista de aplicativo de 27 anos reagiu a um assalto na tarde de domingo (26) em Vitória e acabou sendo arrastado do lado de fora do veículo enquanto lutava contra o suspeito.

Durante a luta, a vítima também foi agredida por amigos e familiares do criminoso.

De acordo com o motorista de aplicativo, o assalto aconteceu na primeira corrida aceita por ele no domingo.

A solicitação era para fazer o trajeto entre o bairro Cruzeiro do Sul, em Cariacica, e o bairro Resistência, em Vitória. Mas, ao chegar ao destino, o passageiro anunciou o assalto, ameaçando o motorista com uma faca.

“Eu vim conduzindo ele normalmente no veículo. Ele estava fingindo que estava dormindo. Quando chegou no bairro Resistência, ele mandou eu entrar em uma rua deserta em frente a uma escola. Quando chegou ali, ele tirou a faca e anunciou o assalto”, contou o motorista.

O trabalhador, então, reagiu ao assalto e tomou a faca do assaltante. Este, por sua vez, conseguiu entrar novamente no carro e tentou fugir dirigindo, mas foi impedido pelo motorista, que o segurou.

Com isso, enquanto o criminoso tentava dirigir, o motorista foi arrastado por alguns metros, provocando ferimentos em seus braços, costas e pernas.

A tentativa de fuga só acabou quando o suspeito bateu com o veículo no muro de uma casa do bairro Resistência. O veículo ficou destruído.

Criminoso bateu com o carro no muro de uma casa durante a tentativa de fuga

Durante a luta, o motorista chegou a fazer uma foto do homem que o assaltou, mas ele conta que também foi agredido por um irmão e por amigos do criminoso, que estavam no local.

“Eu imobilizei ele. Aí o irmão dele chegou me agredindo. Eu corri pedindo socorro, mas ninguém me ajudou. Eles deixaram ele fugir para uma mata que tem ali em Resistência”, contou o motorista.

Dois homens que agrediram o motorista foram detidos e levados para a Delegacia Regional de Vitória por policiais militares que foram acionados por moradores de Resistência. No entanto, o autor do assalto não foi localizado.

Ferido, o motorista de aplicativo foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não precisou ir ao hospital.

 

Leia mais

Leia também