Mosquitos invadem casas e moradores de Meaípe cobram providências

Uma verdadeira invasão de mosquitos tem tirado o sono e consequentemente o sossego da comunidade de Meaípe, em Guarapari. Assustados, moradores tem usado as redes sociais para pedir providências a prefeitura da cidade.

O professor Marcus Ely Vailante, garante que a situação é insuportável. A partir das 18h, assim que o sol se põe, os mosquitos começam a atacar. Nas proximidades do rio, você sente como se tivessem jogando pequenas pedrinhas em você, de tantos mosquitos que batem na gente”, conta o professor.

“Dentro de casa, a gente tem que ficar a base de repelente, inseticida, chegando ao ponto de o repelente perder o efeito, e termos que acordar de madrugada para atear mais inseticida, passar repelente para tentar ter uma noite de sono minimamente restauradora. Porque tem sido revoltante”, completou.

Marcus acredita que somente com a limpeza do rio, é que a situação possa melhorar, e reduzir a proliferação dos mosquitos em quase 100%.

O presidente da Associação de Moradores, Vinicius Brina,  afirmou que vários pedidos foram feitos, no entanto, os mosquitos continuam “perturbando” principalmente os moradores que tem casas próximo ao rio. ” Pedimos ao vereador Zé Preto que nos ajudasse a solucionar o problema. Ele prontamente nos atendeu e levou a demanda para os órgãos responsáveis”, afirmou.

Em resposta ao ofício do vereador, o secretário de Meio Ambiente e Agricultura (Semag) declarou que, haverá uma ação de limpeza no rio Meaípe, na primeira quinzena de março.

Leia mais

Leia também