Morre segunda paciente de Santa Catarina que tratava Covid-19 no Espírito Santo

Mais um paciente transferido de Santa Catarina para o tratamento da Covid-19 no Espírito Santo teve a morte confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa-ES). O óbito foi confirmado neste domingo (14).

O corpo de Ivani Oliveira, de 63 anos, continua no Espírito Santo. Segundo a Sesa, o translado para Santa Catarina é de responsabilidade do governo de origem e deve acontecer nesta terça-feira (16). Ela era moradora de Chapecó (SC).

Primeiro óbito de um paciente de Santa Catarina transferido para o Espírito Santo para tratamento de Covid-19 foi de Daniel Pegoraro, de 34 anos. Ele também era morador de Chapecó e foi o primeiro catarinense a chegar no estado para ser internado em um leito de UTI.

Paciente de Santa Catarina chega ao Espírito Santo para tratamento de Covid-19 — Foto: Divulgação/ Sesa-ES

Paciente de Santa Catarina chega ao Espírito Santo para tratamento de Covid-19 — Foto: Divulgação/ Sesa-ES

Outros três pacientes de Santa Catarina continuam internados no Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra. O estado capixaba havia disponibilizado até 16 leitos de Unidade de Terapia Intensiva para os catarinenses. Desses, apenas cinco foram recebidos pelo Espírito Santo.

Na última semana, a Sesa suspendeu o recebimento de pacientes por causa da alta na internações de capixabas. Nesta segunda-feira (15), a ocupação dos leitos de UTI destinados ao tratamento de Covid-19 estava próxima aos 90%.

Em janeiro, o estado recebeu 36 pacientes com Covid-19 transferidos de Manaus, sendo que seis amazonenses morreram durante o tratamento no estado capixaba. Em fevereiro, o estado recebeu pacientes vindos de Rondônia.

 

Leia mais

Leia também