Morre quarto paciente de SC que tratava Covid-19 em hospital do Espírito Santo

 

A prefeitura de Chapecó, no Oeste catarinense, confirmou na manhã desta quinta-feira (25) a morte do quarto paciente enviado para o Espírito Santo para tratamento contra a Covid-19. A informação é de Caroline Borges, do G1 de Santa Catarina.

Segundo a administração municipal, o morador do bairro São Pedro, de 67 anos, morreu na quarta-feira (24), no Hospital Dr. Jayme Santos Neves.

Até as 12h, o governo de Santa Catarina não informou detalhes sobre como será feito o translado do corpo. A vítima, que morava no bairro São Pedro, não teve o nome divulgado.

Antes, já havia sido registrado outros três óbitos de pacientes, que foram transferidos para tratamento no estado capixaba. Ivani Oliveira Ratkiewcz, de 63 anos, e Hércules Antonio Senger, de 59 anos, e Daniel Pegoraro, de 34 anos, morreram entre o fim de fevereiro e início de março (veja vídeo abaixo). Um quinto paciente segue internado na unidade de saúde.

Santa Catarina fez a transferência dos doentes por conta do colapso na saúde. Com ocupação de leitos acima dos 95% há quase um mês, o estado tem uma fila de espera de 349 pacientes aguardando leitos. Ao menos 230 pessoas não resistiram a essa espera e morreram sem o atendimento em UTIs ou enfermarias.

A transferência de pacientes para o Espírito Santo começou em 3 de março. Nove dias depois, no dia 12, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina informaram o encerramento dos transportes. O motivo foi o aumento da taxa de ocupação de leitos em UTI no estado de destino, que havia disponibilizado até 16 leitos para receber os catarinenses.

De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) de quarta-feira (24), Santa Catarina tem 9.921 mortes pela Covid-19. Foram registados 88 óbitos em 24 horas. O número de pessoas diagnosticadas com a doença chegou a 778.711 desde março de 2020.

Leia mais

Leia também