Morre inspetor penitenciário baleado no Morro do Moreno

Ele foi atingido por três tiros durante uma tentativa de assalto enquanto fazia uma trilha no local. Dois suspeitos foram presos e confessaram o crime

Morreu na manhã desta quarta-feira (20), o inspetor penitenciário Rodrigo Figueiredo da Rosa. Ele foi baleado numa tentativa de assalto durante um passeio no Morro do Moreno, em Vila Velha, no último dia 10 de janeiro. Rodrigo foi atingido por um tiro nas costas e teve a arma levada por criminosos.

Ele estava internado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória, desde o dia do crime. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários do Espírito Santo, que estava em constante contato com a família.

Na noite de domingo (10), o agente estava fazendo uma trilha no Morro do Moreno. Ele reagiu à uma abordagem de três homens durante o passeio com um grupo que subia o monte. Tentou sacar a arma para impedir o roubo mas os suspeitos atiraram primeiro.

O inspetor foi atendido em uma ambulância do Samu. A ocorrência foi registrada como tentativa de latrocínio no Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) em Vitória.

Suspeitos foram presos dois dias depois. Pedro Henrique Gomes de Oliveira, de 20 anos, e Tiago Francisco Cristo, de 18, foram reconhecidos por testemunhas e confessaram a participação no crime. O suspeito de 18 anos confessou que foi o autor do tiro que atingiu a vítima.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também