Morre homem ferido em queda de caixas d’água de condomínio no Espírito Santo

Incidente aconteceu na quarta-feira (30) em Cariacica e a vítima estava internada em Vitória. Dezesseis famílias do condomínio estão em hotéis.

Caixa d'água rompeu e caiu em cima de prédio, em condomínio popular, em Cariacica, ES

Caixa d’água rompeu e caiu em cima de prédio, em condomínio popular, em Cariacica, ES

Morreu nesta quinta-feira (31) o homem ferido após a queda de duas caixas d’água em um condomínio de Cariacica, na Grande Vitória.

A informação foi confirmada pela Cobra Engenharia, empresa responsável pela construção do condomínio.

Em nota, a empresa disse que prestará toda assistência à família do bombeiro hidráulico Jucelino Roncon.

Ainda de acordo com a Cobra Engenharia, Jucelino era proprietário de uma empresa de prestação de serviço e não tinha vínculo empregatício com construtora.

O acidente aconteceu nesta quarta (30), por volta das 9h. Uma das caixas foi totalmente ao chão e, num intervalo de 20 minutos, a outra também cedeu, ficando escorada no topo de um dos prédios.

O bombeiro hidráulico fazia manutenção em uma das caixas ficou gravemente ferido ao ser arremessado de cima da estrutura para um dos prédios. Ele chegou a ficar internado em Vitória, mas não resistiu aos ferimentos.

A previsão é de que as estruturas danificadas só sejam periciadas e retiradas do local a partir de segunda (4).

Ao todo, dezesseis famílias estão abrigadas em um hotel em Alto Lage. Elas foram levadas para o hotel pela construtora responsável pela obra, que está pagando as despesas.

Vídeos gravados por moradores registraram o momento da queda das caixas.

Nesta quinta, a Defesa Civil de Cariacica participou de uma reunião no condomínio com o dono da empresa Cobra Engenharia, além de representantes da Caixa Econômica Federal e da empresa responsável pelo fornecimento de gás.

Engenheiros realizaram uma vistoria nos apartamentos dos blocos cinco e seis, que foram danificados no acidente.

O local está isolado. Após as perícias que serão realizadas segunda, as torres vão começar a ser desmontadas para a recuperação das paredes nos dois prédios afetados.

O Residencial São Roque é uma obra do programa “Minha Casa, Minha Vida” e foi entregue no dia 14 de dezembro, com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Dos 14 blocos do condomínio, os dois atingidos estão interditados.

A empresa Cobra Engenharia disse que “está fornecendo os cuidados necessários para os moradores, incluindo fornecimento de água potável e alimentação e hospedagem. Está providenciando carros pipa para o condomínio e já trabalha na solução para o restabelecimento do fornecimento de água”.

A Cobra disse ainda que “a empresa paulista responsável por projetar, produzir e montar as torres de água foi acionada desde o momento do acontecido estando a Cobra Engenharia no aguardo de posicionamento acerca das razões do incidente e providências por parte da responsável. A empresa lamenta o ocorrido e vem trabalhando incansavelmente na solução dos problemas e buscando as causas do infortúnio e se compromete a acompanhar e cobrar ações para a resolução, o mais breve possível, para a volta da normalidade dos moradores”.

“A Cobra Engenharia atua no segmento de construções no Programa Minha Casa Minha Vida desde a implementação do programa, sempre prezando pela qualidade das obras, segurança e solidez nas construções, aplicando a melhor técnica e usando produtos de qualidade em todos os seus empreendimentos. A empresa vem colaborando com as autoridades na busca da resolução dos problemas com a maior brevidade possível”, diz parte da nota da empresa.

Uma das caixas rompeu e parte dela caiu no chão — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Uma das caixas rompeu e parte dela caiu no chão — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Leia mais

Leia também