Moradores de Vitória passam a receber máscaras em feiras livres e pronto atendimentos

Moradores de Vitória que passarem por feiras livres e pronto atendimentos (PAs) a partir de agora vão receber máscaras caseiras gratuitas. Nesta segunda-feira (27), 370 mil unidades do equipamento de proteção começam a ser distribuídas na Capital do Estado. Neste primeira semana, quem passar pelas unidades de saúde e a barreira sanitária da rodoviária também receberá uma máscara. A ação é uma prevenção ao novo coronavírus.

A iniciativa é uma parceria da Prefeitura Municipal de Vitória e da Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) com a Liga Independente das Escolas de Samba do Grupo Especial (Liesge) e a Liga Espírito-Santense das Escolas de Samba (Lieses), já que as máscaras estão sendo confeccionadas pelas costureiras das escolas de samba do Estado.

Nesta primeira semana, vamos entregar esses grupos e, gradativamente vamos abranger outros serviços da prefeitura, como abordagem de rua, ou seja, aos poucos vamos chegando a toda a população”, disse Leonardo Krohling, representante do Comitê de Acompanhamento e de Recuperação Econômica para Situação de Emergência de Saúde Pública – Covid-19.

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, também ressalta que a doação atenderá toda a população da cidade. “Nós vamos fazer a doação de 370 mil máscaras, que é exatamente a população de Vitória. São máscaras reutilizáveis feitas por costureiras das nossas comunidades, das escolas de samba. Ao mesmo tempo que a gente está gerando trabalho e emprego, a gente está protegendo as pessoas. A ideia é que eu usando máscara eu protejo você e você me protege. Esse movimento é muito importante pra que nós possamos, durante a circulação na cidade, evitar a propagação do vírus”, disse.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também