Morador de Água Doce do Norte escreve artigo sobre a Pandemia do Coronavírus; leia

Edilson Xavier formou-se em letras pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e atualmente reside no distrito de Governador Lacerda de Aguiar (Rio Preto), Água Doce do Norte.

O SiteBarra recebeu um texto, escrito por um morador de Água Doce do Norte, no noroeste do Espírito Santo. O artigo fala sobre a realidade do Brasil diante da Pandemia do novo coronavírus.

O texto foi escrito por Edilson Xavier. Ele formou-se em letras pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e atualmente reside no distrito de Governador Lacerda de Aguiar (Rio Preto).

Confira abaixo o texto de Edilson

UM PAÍS DESORIENTADO DIANTE DA PANDEMIA

Ninguém está totalmente preparado para enfrentar situação adversa, mas quando se fala em nação é preciso estar a alguns passos à frente para evitar percas humanas, pelo menos isso é o que se espera de um país sério. Diante da pandemia do COVID-19 vemos nações que vivenciaram o caos da doença se reerguerem numa velocidade impressionante e vimos também países na contramão levando suas gentes ao precipício.

É o caso dos Estados Unidos, Brasil e México. Sabe o que eles têm em comum? Ambos se negaram a acreditar que a doença era realmente séria, então foram morosos ou negligentes em tomar algumas atitudes no sentido de proteger os seus cidadãos. O Brasil, em particular, se estagnou morrendo uma média de 1.037 pessoas diariamente.

Isso dá um total de mais de 43 vidas por hora ou perto de uma pessoa por minuto. São vidas com histórias que se vão tornando-se estatísticas. O país pecou quando não articulou um plano nacional de enfrentamento a pandemia e onde faltou empenho federal sobrou atitudes de estados e municípios muitas vezes equivocadas agindo com excesso ou com omissão por desorientação.

Alguns municípios, na tentativa de demonstrar serviços, colocaram milhões em remédios sem comprovação científica de eficácias no combate á doença como o caso da Ivermectina, distribuídas de graça em alguns municípios, Cloroquina e Hidroxicloroquina empurradas goela abaixo para profissionais da saúde. Além da desorientação vivenciada pelo país a comunidade científica precisa conviver com a falta de sintonia entre política e Ciência onde cada um diz uma coisa e a população se depara refém de decisões superioras muitas vezes equivocadas.

Se houvesse um direcionamento por parte do governo federal contando com parceria da Ciência, dos governadores, dos prefeitos e consequentemente da população em fechar o país por 15 dias muitas vidas poderiam ter sido salvas e o Brasil já teria saído dessa situação de vulnerabilidade. E veja que tudo isso é porque o vírus “é apenas uma gripezinha”, imagine se fosse realmente uma pandemia?

Leia também

Prefeito Paulo Márcio morre vítima do coronavírus em Água Doce do Norte

Estado de saúde do prefeito Paulo Márcio é grave; Ele foi intubado e familiares pedem orações

Jacy Donato, vice-prefeito de Água Doce do Norte, volta dos EUA e assume prefeitura; prefeito Paulo Márcio continua na UTI

Leia mais

Live Solidária arrecada cerca de 37 mil reais em doações

Doações serão convertidas para artistas circenses, quilombolas, indígenas e técnicos das artes.  Com uma audiência total de...

Idoso suspeito de pedofilia enviava vídeos pornográficos para criança em Mantenópolis

A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de um aposentado de 63 anos, em Mantenópolis, no Noroeste do Estado....

Leia também

Vila Pavão vacina quase três mil animais entre cães e gatos

Entre os dias 08 a 28 desse mês,...

Polícia Militar recupera motocicleta em Nova Venécia logo após ter sido furtada

Na noite do último domingo (27), policiais militares...

Veneciano é candidato a vereador em Rio Branco, capital do Acre

O empresário e farmacêutico veneciano, Alexandre Thomazini, tentará, pela segunda vez, uma vaga na Câmara de Vereadores do município de Rio Branco, capital do...